Delegado Sobral deve ser eleito novo presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal

As eleições para os cargos nacionais da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) terão concorrente único. Após o encerramento do prazo para a inscrição de chapas concorrentes, até as 18 horas do dia 31 de julho, somente a chapa “ADPF no Rumo Certo” confirmou sua participação na disputa. A chapa é encabeçada pelo delegado federal Carlos Eduardo Miguel Sobral. As eleições estão previstas para outubro. O delegado Sobral temo apoio da atual diretoria da ADPF, presidida pelo delegado federal Marcos Leôncio Ribeiro.

Justiça Federal não acolhe pedido da Procuradoria da República no Espírito Santo e mantém concurso para agentes de Polícia Federal

O juiz substituto da 4ª Vara Federal Cível de Vitória, Luiz Henrique Horsth da Matta, indeferiu no início da noite desta sexta-feira (31/07) mandado de segurança proposto pelo Ministério Público Federal em que pleiteava a suspensão do concurso público aberto para contratação de agentes de Polícia Federal. Na Ação Civil Pública, ajuizada contra a Fundação Universidade de Brasília (FUB/UNB) e a União, o  procurador da República no Espírito Santo, Carlos Vinicius Cabeleira, sustentou que as cotas para ingresso no serviço público são inconstitucionais. Para ele, a Lei Federal nº 12.990/2014, que reserva cotas para negros em processo de seleção, seria “inconstitucional e inaplicável”.

MILITAR CRIA 'ASSOCIAÇÃO DE ASSISTÊNCIA POR UMA VIDA MELHOR NO ESPÍRITO SANTO': Cabo Sabino, o militar que há 33 anos se dedica a ajudar os mais necessitados em Cariacica

No ano de 1982, a Seleção Brasileira de futebol, sob o comando do técnico Telê Santana, mostrava os últimos momentos de gala, técnica e elegância do futebol brasileiro. Foi na Copa da Espanha, mas o Brasil foi eliminado pela Itália, de Paolo Rossi, que acabou se sagrando campeã. O título fez falta, mas o que vale é que na memória dos amantes do futebol ficaram as belas jogadas de Zico, Falcão, Cerezo, Júnior e Cia.

ACS/ES reforma sede social e constrói cerimonial em Jardim Camburi

A Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar do Estado do Espírito Santo (ACS/ES) acaba de construir o seu próprio cerimonial, que fica anexo ao Clube Social de Jardim Camburi, em Vitória, pertencente à entidade. O Cerimonial da ACS ocupa uma área de 400 metros quadrados e é totalmente climatizado.

CAMPEÃO DE FALTAS E DE PROJETOS INCONSTITUCIONAIS: O inferno astral do deputado Gilsinho Lopes

Primeiro, foi o jornal A Tribuna que, no dia 27 de abril de 2014, informou que o deputado estadual Gilsinho Lopes admitiu que a Assembleia Legislativa vinha adotando a prática de propor e até aprovar projetos inconstitucionais ou com vício de iniciativa apenas para causar discussão na Casa e  chamar a atenção do governo. A reportagem citou que o próprio Gilsinho, que é delegado de Polícia licenciado, para exercer o mandato, apresentou diversos projetos inconstitucionais.

PREVALECE RESPEITO ÀS LEIS E À CIDADANIA: Tribunal de Justiça proíbe CPI da Sonegação de quebrar sigilo telefônico de delegado que mandou para a cadeia políticos acusados de corrupção

O Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo acaba de proibir a Comissão Parlamentar de Inquéritos, aberta inicialmente pela Assembleia Legislativa para apurar crimes de sonegação fiscal, de quebrar o sigilo telefônico do presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Espírito Santo (Sindepes), Rodolfo Queiroz Laterza.

MAIS UMA VITÓRIA DO DEPARTAMENTO JURÍDICO DO SINDIPOL: Banestes e Estado são condenados a devolver também dinheiro aos policiais civis do Espírito Santo

Depois da vitória obtida pela Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar do Estado do Espírito Santo (ACS/ES), agora é a vez do Sindicato dos Servidores Policiais Civis (Sindipol/ES) obter na Justiça o direito de seus filiados receberem, com juros e correções monetárias, os valores cobrados pelo Banestes no chamado ‘Crédito Rotativo’. Quinze anos depois do processo ter sido distribuído na Justiça Estadual, a 1ª Vara da Fazenda Pública Estadual, Municipal, Registros Públicos, Meio Ambiente e Saúde de Vitória bateu o martelo e condenou o Banestes e o Estado do Espírito Santo. A sentença foi assinada no dia 24 deste mês pelo juiz  Paulo César de Carvalho.

Procuradoria da República no Espírito Santo pede suspensão de concurso para agentes de Polícia Federal

O Ministério Público Federal no Espírito Santo (MPF/ES) ajuizou ação civil pública, com pedido de liminar, contra a Fundação Universidade de Brasília (FUB/UnB) e a União, pedindo a suspensão imediata do concurso para agente da Polícia Federal em todo o País. Para a Procuradoria, a Lei nº 12.990/2014, que reserva cotas para negros em concursos públicos federais, é inconstitucional e inaplicável.
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger