Sindipol dá curso de tiros para policiais civis aposentados do Espírito Santo

O Sindicato dos Servidores Policiais Civis do Estado do Espírito Santo (Sindipol/ES) abriu na quinta-feira (16/04) o primeiro Curso de Revólver Calibre 38 para os policiais civis aposentados. Trata-se de um esforço e dedicação de um dos profissionais mais competentes da instituição capixaba, que é o diretor e Instrutor de Tiros do Sindipol, Júlio César Fanzeres, que, ao longo  dos últimos anos, conquistou a tão esperada Certidão de Registro (CR) junto ao Exército.

Entidades de classe dos militares capixabas encaminham Nota de Repúdio ao governador contra ato “ilegal, inconstitucional e discriminatório” do diretor-geral do Detran, Fabiano Contarato

As três principais entidades de classe dos policiais militares do Estado do Espírito Santo encaminharam carta ao governador Paulo Hartung – com cópia para o secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), André Garcia, e ao secretário-chefe da Casa Militar, coronel da reserva José Nivaldo Vieira Campos –, em que mostram seu repúdio à decisão do diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/ES), o delegado de Polícia Fabiano Contarato, de proibir policiais militares fardados de realizar prova de trânsito para obtenção da primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

POLICIAIS CAPIXABAS PROIBIDOS DE FAZER PROVA DE TRÂNSITO FARDADOS: Oficiais da Polícia Militar dizem que decisão do diretor do Detran é ilegal e preconceituosa

Em nota enviada ao Blog do Elimar Côrtes, os majores da turma de 1996 da Polícia Militar do Estado do Espírito Santo protestam contra a decisão do diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/ES), o delegado de Polícia Fabiano Contarato, que proibiu policiais militares fardados de realizarem de trânsito para obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Para os oficiais da PM, o “Ato Administrativo” do diretor do Detran contra a Polícia Militar é “é ilegal” e “preconceituoso.”

Detran do Espírito Santo proíbe policial militar fazer prova de trânsito fardado

O diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-ES), delegado de Polícia Fabiano Contarato, tem uma certa dificuldade em lidar com a Polícia Militar. Por isso, acaba de publicar Instrução de Serviço nº 013 em que proíbe policiais militares fardados realizarem prova de motorista para a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no âmbito do Estado do Espírito Santo. A decisão de Contarato foi publicada no Diário Oficial do estado desta quarta-feira (15/04).

Batalhão de Missões Especiais da PMES lança Plano de Comando 2015/2016

O Batalhão de Missões Especiais da Polícia Militar do Estado do Espírito Santo lançou no dia 10 deste mês o Plano de Comando para os anos de 2015 e 2016. O documento consolida os princípios e valores que estruturam a atuação do BME, sobretudo, a preocupação com os recursos humanos e sua valorização.

‘Cartilha da Resistência’ orienta delegados do Espírito Santo a relatar à Justiça e ao Ministério Público cortes de acesso à internet e de combustíveis nas Delegacias de Polícia do Espírito Santo

Diante dos cortes de recursos impostos pelo governo Paulo Hartung em especial à Administração da Polícia Civil, o Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado do Espírito Santo (Sindepes) lançou a ‘Cartilha da Resistência’. Os dirigentes do Sindepes estão preocupados com o trabalho das Autoridades Policiais na condução de inquéritos e demais procedimentos, que estão sendo prejudicados devido, principalmente, ao corte da internet em mais de 60 unidades da Polícia Civil.

Governador Paulo Hartung disponibiliza para a Polícia Civil este ano menos dinheiro do que ele havia repassado em 2009

O jornal A Gazeta traz em sua edição impressa desta segunda-feira (13/04) informação de quanto o governador Paulo Hartung (PMDB) é generoso com boa parte de seu secretariado. Para participar de apenas uma reunião a cada 30 dias em conselhos de 16 empresas  públicas, autarquias e demais órgãos do Executivo Estadual, cada secretário recebe jeton de quase R$ 7 mil por mês. O salário de um secretário hoje é R$ 15,4 mil mensais.

‘Carta de Vitória’ defende Ciclo Completo nas instituições policiais e rechaça tentativa de desmilitarização das Polícias no Brasil

Oficiais da Polícia Militar e do Corpo de bombeiros Militares de todo o País encerraram nesta sexta-feira (10/04) o XIV Encontro Nacional de Entidades Representativas de Oficiais Militares Estaduais (Eneme), com a divulgação da Carta de Vitória. No documento, os oficiais – maior parte deles comandantes de corporações em seus estados – defendem a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional 423/2014, a “PEC da Segurança”, que estabelece, dentre outras normas, o Ciclo Completo de Polícia.
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger