ACS/ES CONSEGUE NA JUSTIÇA VITÓRIA PARA SEUS ASSOCIADOS: Banestes é condenado a devolver juros e correções monetárias cobrados indevidamente de policiais e bombeiros militares

Dezessete anos depois de serem vítimas de uma das maiores aberrações feitas pelo Estado do Espírito Santo contra seus servidores públicos, policiais e bombeiros militares vão começar a receber o que tiveram que pagar indevidamente. A Justiça Estadual determinou ao Banestes que devolva com juros e correções monetárias a um grande grupo de militares todos os valores debitados em suas contas correntes, no episódio que ficou conhecido como ‘Crédito Rotativo’.

CPI da Sonegação abre mais espaço para juiz acusado de mandar matar colega que combatia crime organizado e pede quebra do sigilo telefônico do delegado que colocou políticos, empresários e servidores públicos na cadeia

Deu a louca na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa que visa a apurar sonegação de tributos municipais e estaduais no Espírito Santo. Mais uma vez, seus membros tomaram uma decisão atabalhoada, sem qualquer propósito e fora da lei. Em vez de investigar os que vivem à margem da lei – sonegadores –, eles decidiram investigar as autoridades que combatem o crime organizado no Estado.

Aliada do prefeito Rodney Miranda é a nova corregedora geral de Polícia Civil do Espírito Santo

Ex-secretária de Prevenção, Combate à Violência e Trânsito da Prefeitura Municipal de Vila Velha, a delegada Fabiana Maioral Foreste é a nova corregedora geral de Polícia Civil do Estado do Espírito Santo. Entra no lugar do delegado João Batista Calmon. O Diário Oficial do Estado traz ainda em sua edição desta terça-feira (30/06) mais mudanças, que têm a finalidade de aumentar e melhorar a operacionalidade da Polícia Civil.

“Ainda me vejo em condições físicas e psicológicas de ajudar a sociedade”, diz Eli Jorge: Justiça reconhece direito de agente da Polícia Federal de trabalhar até aos 70 anos

No dia 26 de março deste ano, o agente de Polícia Federal Eli Jorge de Jesus recebeu memorando do Setor de Recursos Humanos da Superintendência Regional da Polícia Federal no Espírito Santo em que constava uma notícia que a maioria dos brasileiros gostaria de ler: o anúncio de sua aposentadoria. No Memorando 791/2015-SRH/SR/DPF/ES e Notificação vinha a informação de que a partir de 14 de abril, data em que completou 65 anos de idade, Eli Jorge não poderia mais exercer suas funções, “posto que será aposentado compulsoriamente.”

Em um mês, ‘Audiência de Custódia’ libertou 317 pessoas autuados em flagrante e economizou R$ 1 milhão para o Estado

O Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) apresentou, na tarde de sexta-feira (26/06), o balanço do primeiro mês de funcionamento do programa Audiência de Custódia no Estado. Do dia 21 de maio de 2015 até a última segunda-feira (22/06), 630 apresentações foram feitas ao juiz com o índice de liberdade e relaxamento de prisão foi de 50,63%.

Policiais militares são flagrados deitados em colchão e trocando carícias dentro de Quartel da Polícia Militar no Espírito Santo

A Corregedoria Geral da Polícia Militar do Estado do Espírito Santo encerrou um Inquérito Policial Militar (IPM) que apurou a troca de carícias dentro de uma unidade da corporação entre um cabo e uma soldada e que teve a conveniência de outro policial. A troca de carícias aconteceu em cima de um colchão, dentro da Sala de Operações de Rádio Comunicação na sede da 2ª Companhia Independente, situada em Afonso Cláudio. Devido ao fato, considerado crime militar, o casal e o soldado que viu a cena passarão a responder a processos.

Governo ignora reivindicações e delegados de Polícia Federal entregam cargos de Chefia

Em protesto contra o governo federal, que ignora suas reivindicações, os delegados de Polícia Federal decidiram, nesta quinta-feira (25/06), entregar os cargos de Chefia à Administração da PF em todo o País. A decisão de entregar os cargos substitui a uma greve, que a categoria resolveu não promover para evitar prejuízo às investigações em curso, sobretudo às que dizem respeito aos crimes de corrupção, como a Operação Lava Jato.

Polícia Militar repudia reportagem de A Gazeta sobre indenização de diárias e Majores da Turma de 1996 dizem que liberdade de imprensa não pode ferir a dignidade da pessoa humana

Em seu Portal na internet, a Polícia Militar do Estado do Espírito Santo repudiou, de maneira veemente, reportagem produzida pelo jornal A Gazeta, na edição de quinta-feira (24/06), em que o matutino expõe alguns oficiais, relatando que, em seis meses, eles teriam recebido cerca de R$ 1,6 milhão em diárias. A PM condena a forma como a notícia foi divulgada, “de maneira distorcida” e sem “demonstrar a verdade dos fatos”. Na mesma seara, Majores da Turma de 1996, em artigo enviado ao Blog do Elimar Côrtes, defendem a liberdade de imprensa, mas condenam a exposição de agentes públicos e demais pessoas com “notícias inverídicas”.
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger