Projeto mais que valioso

Ao apresentar projeto de lei prevendo ônibus exclusivos para mulheres nos horários de pico, o deputado estadual Giuliano dos Anjos (DEM) acertou em cheio e mostrou estar sintonizado com a maioria da população que precisa desse transporte diariamente na Grande Vitória.

Se o projeto de lei for aprovado, será, com certeza, um avanço social muito grande e inibirá muitos delitos que são praticados dentro de ônibus, conforme mostra reportagem publicada na edição desta quarta-feira (28/10) no jornal A Tribuna.

Mulheres reclamam da superlotação dos ônibus do Sistema Transcol, que ligam os municípios da Grande Vitória de ponta a ponta. O transporte dentro da capital, felizmente, não demonstra os mesmos problemas do Transcol.

Apesar dos inúmeros investimentos do governo, como a construção de terminais e a melhoria das rodovias e avenidas por onde transitam os ônibus do Transcol, a impressão que fica é que as empresas não colocam para circular um número suficiente de ônibus. O que se vê são ônibus sempre lotados, seja pela manhã, à tarde ou à noite.

A Assembléia Legislativa deverá aprovar o projeto de Giuliano dos Anjos. Se depender dos colegas, a lei entrará em vigor assim que for sancionada pelo governador Paulo Hartung.

“Esse é um dos projetos mais importantes que já vi nesta Casa de Leis. O deputado Giuliano está de parabéns”, elogiou o deputado estadual Josias Da Vitória.

O projeto estabelece que as empresas que operam no sistema Transcol devem deixar ônibus exclusivos para mulheres nos horários de pico pela manhã e no final da tarde. O objetivo é evitar que mulheres sejam vítimas de maníacos, que costumam aproveitar os veículos lotados para molestar sexualmente as passageiras.

Até mesmo o número de assalto deverá ser reduzido, pois nos ônibus só entrarão mulheres e se há algo que a crônica policial capixaba não noticia há muitos anos é mulher participando de assaltos a ônibus.

Em outros países é comum essa separação de classe em transporte coletivo. A cidade mexicana de Puebla, localizada a 130 quilômetros da capital, inaugurou recentemente uma frota exclusiva de táxi para mulheres como forma de evitar assédios.

Chamados de "Pink Taxi" (Táxi Rosa), os veículos pintados de cor-de-rosa são dirigidos por mulheres e voltados para uma clientela feminina.

"Este sistema surge em razão da necessidade de contar com um transporte inovador e seguro para as mulheres. Em outros lugares do mundo vem funcionando com grande sucesso e agora Puebla será pioneira no transporte exclusivo para mulheres na América Latina", explicou o secretário de Comunicações e Transporte do Governo de Puebla, Valentín Meneses Rojas, na época do lançamento o programa.

Em tempo: a ONU e todos os tratados internacionais sobre igualdade de gêneros permitem estas ações discriminatórias que têm por objetivo ajudar a reduzir a brecha entre homens e mulheres que ainda existe. São as chamadas ações afirmativas.

A Prefeitura de Vitória deveria pensar na idéia mexicana e encabeçar também um projeto de lei, idêntico ao do deputado estadual Giuliano dos Anjos, para que haja também na capital ônibus exclusivos para mulheres, apesar de que por aqui os problemas no transporte coletivo sejam menores do que os apresentados pelo Transcol. Antes tarde do que nunca.
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger