Hartung volta a premiar policiais militares e civis que apreenderem armas

O governador Paulo Hartung encaminhou à Assembleia Legislativa novo projeto de lei que prevê dar dinheiro como prêmio a policiais civis e militares do Espírito Santo que apreenderam armas.

O programa, que no Rio de Janeiro é chamado de “gratificação faroeste”, vai dar gratificação a policiais que conseguirem apreender armas sem registro.

A informação foi dada nesta quinta-feira (26/11) pelo secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, o delegado federal Rodney Miranda. O valor da recompensa vai ser fixado sobre o Valor de Referência do Tesouro Estadual (VRTE).

"A sistemática será a mesma da lei anterior, de divisão de valores para armas de caráter restrito e fuzis, mas vamos aumentar os valores. Este é um programa de incentivo, de motivação, como uma administração moderna faz em todas as áreas particulares e algumas públicas. Vários estados já adotaram sistemas como este e tiveram bons resultados", disse Rodney, segundo o site Gazeta Online.

Pela tabela atual do VRTE, armas de circulação restrita, que são as mais comuns e que podem ser portadas por civis, significarão uma recompensa de R$ 192,70 caso sejam apreendidas.

Já as armas de fogo proibidas valem R$ 385,40 e armamento pesado, como fuzis, valerão uma premiação de R$ 578,10.
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger