Ferraço garante que Rodney não vai cair

Pela primeira vez, o governo do Estado rompeu o silêncio e comentou a crise entre o Alto Comando da Polícia Militar e o secretário de Estado da Segurança Pública, delegado federal Rodney Miranda.
Em entrevista ao programa Bom Dia Espírito Santo desta quarta-feira (02/12), o vice-governador Ricardo Ferraço garantiu que Rodney não vai ser exonerado do cargo.
A garantia de Ferraço, que é candidato à sucessão do governador Paulo Hartung, foi dada em resposta às críticas de um grupo de coronéis da ativa que encaminharam carta ao governador Hartung pedindo a renúncia de Rodney por causa da polêmica criada em torno do livro “Espírito Santo”, que relata bastidores das investigações do assassinato do juiz Alexandre Martins de Castro Filho, ocorrido em março de 2003.
Segundo Ferraço, a pressão do Alto Comando da PM e de todas as entidades de classes dos policiais militares pela derrubada de Rodney não vão funcionar:
“O secretário continua como secretário e nós não estaremos alterando qualquer secretário por pressão de A ou de B”, garantiu Ricardo Ferraço.
No livro, escrito por Rodney, o juiz Carlos Eduardo Lemos Ribeiro e o sociólogo Luiz Eduardo Soares, os autores, segundo os coronéis, teriam denegrido a imagem da PM e ainda teriam acusado policiais militares de prejudicar as investigações do assassinato do juiz Alexandre Martins. Para Ferraço, a crise institucional se tornou uma questão de “picuinha”:
“O governo está lamentando profundamente esse episódio. O que nós precisamos priorizar não são as querelas e picuinhas. O que precisamos continuar priorizando é o interesse do cidadão”.
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger