Polícia Militar cria mais quatro batalhões e vai promover praças e oficiais

O governador Paulo Hartung encaminha neste momento à Assembleia Legislativa projeto de lei que cria o novo Quadro Organizacional (QO) da Polícia Militar. O QO cria mais quatro batalhões e prevê a promoção de praças – soldados, cabos e sargentos –, suboficiais e oficiais.
O projeto de lei do QO é uma antiga reivindicação dos militares e foi obtido graças também a reivindicação do deputado estadual Josias Da Vitória (PDT), que é cabo reformado da PM.
O QO cria quatro batalhões: em São Mateus, Linhares, na Região do Caparaó e na Grande Vitória, que é o Batalhão Tático, que passará a substituir a Rotam. Cria também uma companhia independente para atender o balneário de Anchieta. Atualmente, a PM conta com 11 batalhões.
Também determina que a partir de agora o governo mudará as regras para promoção de praças, suboficiais e oficiais, fazendo justiça a centenas de oficiais, principalmente. Há tenentes na PM que aguardam promoção para capitão há mais de cinco anos. Do jeito que o quadro está hoje, dificilmente um tenente chegaria ao final da carreira como coronel, que é o posto mais alto da PM.
O novo QO prevê a criação de mais vagas para tenentes, capitães, major e tenente-coronel.
O presidente da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e do Bombeiro Militar do Espírito Santo, Roberto Caetano, foi também um dos que lutaram para a criação do novo QO.
“O envio desse projeto para votação na Assembleia gerou uma expectativa muito grande e faz parte de nossa luta há muitos anos”, comentou Caetano.
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger