Justiça manda prender ex-vereador condenado por tentar matar vigilante

A juíza da 1ª Vara Criminal de Domingos Martins, Mônica Martins Silva, expediu mandado de prisão contra o empresário Márcio Anderson de Freitas, o Márcio Cabeceira, que já foi vereador em Viana pelo Partido Verde (PV).
Atualmente, Márcio Cabeceira, que é dono de boates em Vila Velha, trabalha como funcionário da Prefeitura Municipal de Viana em cargo comissionado na Secretaria Municipal de Meio Ambiente.
No dia 10 de junho de 1998, o ex-vereador teria tentado matar a tiros o vigilante Carlos Antônio da Silva. Segundo denúncia do Ministério Público Estadual, o crime aconteceu na localidade de São Floriano, Aracês (Pedra Azul), distrito de Domingos Martins. O vigilante sobreviveu e denunciou Márcio Cabaceira.
Inicialmente, o ex-vereador foi condenado a oito anos e seis meses pela tentativa de homicídio. Ele, no entanto, recorreu e, recentemente, a 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Espírito Santo manteve a condenação, mas reduziu a pena para quatro anos e oito meses. A condenação é em regime semiaberto. Significa que o ex-vereador poderá trabalhar durante o dia, mas terá que passar a noite numa cadeia.
Expedido esta semana pela juíza Mônica Silva, o mandado de prisão já se encontra na Delegacia Interestadual de Busca e Captura da Polícia Civil (Polinter). Até este momento, o mandado não foi cumprido. Ou seja, Márcio Cabeceira ainda está solto, mas poderá ser preso a qualquer momento.
Márcio Cabeceira assumiu o cargo de vereador em Viana em janeiro de 2005. Ficou até o final do mandato, em dezembro de 2008. Tentou, mas não conseguiu se reeleger. Mesmo assim, está ganhou um emprego em cargo comissionado na Prefeitura de Viana.
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger