Denúncia de assédio sexual derruba comandante do 2° Batalhão da PM

O comandante da Polícia Militar, coronel Oberacy Emmerich Júnior, afastou do comando do 2° Batalhão da PM (Nova Venécia), o tenente-coronel Carlos Rogério Gonçalves de Oliveira, acusado de assédio sexual contra uma soldado, de perseguir outros militares da unidade e de desrespeitar um coronel.

Neste momento, Gonçalves está sendo substituído por seu subcomandante, o major Alex. O futuro do tenente-coronel Gonçalves vai ser publicado no Boletim do Comando Geral (BCG) desta quinta-feira (23/12).

É provável que ele assuma um comando em uma unidade da PM na Grande Vitória – provavelmente um outro Batalhão. Se isso acontecer, seria uma premiação e não um castigo, na avaliação de outras fontes da PM.

Há alguns meses as ações do tenente-coronel Gonçalves no comando do 2° Batalhão vinham sendo denunciadas pela Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar do Estado do Espírito Santo (ACS/ES), por intermédio de seu diretor Luciano Márcio.

A princípio, as denúncias se restringiam a perseguições – em um ano, Gonçalves teria transferido mais de 40 policiais militares para outros municípios.

Nesta semana o comandante geral da PM decidiu agir e afastar de Nova Venécia o tenente-coronel Gonçalves. A decisão de Emmerich ocorreu depois que a TV Vitória veiculou reportagem denunciando que Gonçalves teria assediado sexualmente uma soldado e ainda prendeu a moça por 10 dias.

A denúncia foi feita por um outro diretor da ACS/ES, Flávio Gava:

‘‘Os associados nos trouxeram denúncias apontando as formas como o tenente-coronel Gonçalves trata os policiais, cometendo assédios moral e sexual’’, disse Gava.

O comandante Emmerich que abra os olhos: a qualquer momento poderão aparecer em sua mesa novas denúncias de assédio sexual contra o tenente-coronel Gonçalves, que já está respondendo a um procedimento administrativo pela acusação de desrespeito a um coronel do Alto Comando da PM.

Será que a população da Grande Vitória, para onde Gonçalves deverá ser transferido, merece ter em um de seus batalhões um oficial com esse currículo?
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger