Número de homicídios cai em até 75% nos Territórios da Paz com a volta da Polícia Interativa

Uma boa notícia na área de segurança pública capixaba. A volta da Polícia Interativa na Grande Vitória reduziu em até 75% o número de homicídios entre maio e 30 de novembro deste ano.

É o que revela relatório elaborado pela Gerência de Integração Comunitária da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp).

Uma notícia positiva em final de governo. É que a Polícia Interativa ficou sete dos oito anos de governo Paulo Hartung praticamente sem existir. Foi reativada este ano, logo após a saída do delegado federal Rodney Miranda à frente da Sesp.

Seu sucessor, André Garcia, sabiamente convocou a Polícia Militar para conversar e, juntos, reestruturaram a Polícia Interativa. Com o apoio do governo federal – que ajuda com liberação de recursos financeiros – e participação das prefeituras, foi criado o Território de Paz.

E o comandante geral da PM,coronel Oberacy Emmerich Júnior, deu total apoio à reativação da Polícia Interativa, deslocando para cada uma das cinco regiões onde o projeto foi implantado um contigente de pelo menos 150 policiais militares,entre praças e oficiais. Dotou a PI com uma grande e forte infraestrutura.

A Polícia Interativa levou o Território de Paz para a Grande Vila Bethânia (Viana), Grande Terra Vermelha (Vila Velha), Grande Nova Rosa da Penha (Cariacica), Feu Rosa (Serra) e Grande São Pedro (Vitória).

A região da Grande Vila Bethânia, que engloba os bairros Areinha, Arlindo Vilaschi, Campo Verde, Caxias do Sul, El Dourado, Ipanema, Lagoa Azul, Morada Vila Betânia, Nova Betânia, Santa Terezinha, Soteco, Vale do Sol, Vila Bethânia e parte da zona rural de Viana, foia que conseguiu o maior índice de redução de assassinatos entre 15 de maio – quando houve a ocupação – e 30 de novembro: 75%.

Esses bairros têm fama de abrigar um grande número de pistoleiros, que vêm, em sua maioria, do interior do Estado para se estabelecer na Grande Vitória.

A região, antes da ocupação da Polícia Interativa, era alvo também de traficantes e assaltantes. Portanto, a redução em 75% do número de assassinatos neste ano em relação ao mesmo período de 2009 é uma vitória da população local e dos órgãos de segurança pública que se estabeleceram no local.

A Grande Terra Vermelha reduziu o número de homicídios no mesmo período em 37%. A região engloba os bairros Barramares, Estrela, Terra Vermelha, João Goulart, Ulisses Guimarães, Riviera da Barra, Normília da Cunha Azeredo, Brunela, 23 de Maio, São Conrado, Morada da Barra e Cidade da Barra.

Na Grande Nova Rosa Da Penha, a diminuição chegou a 25% de diminuição entre maio e novembro deste ano, em relação ao mesmo período de 2009.

Em Feu Rosa e Vila Nova dos Colares, nesse período houve estabilização. “Portanto, se compararmos de janeiro a novembro temos 23% de diminuição, pois este Território da Paz iniciou-se em janeiro de 2010 através do tenente-coronel Ilton Borges, que deu todo apoio necessário, antes mesmo do lançamento do projeto”, destaca o major PM Jailson Miranda, gerente de Integração Comunitária da Sesp e coordenador Estadual de Polícia Interativa.

Segundo ele, na Grande São Pedro o número de homicídios ficou estabilizado, pois ao longo dos últimos anos muitos investimentos foram feitos no território culminando com contínua diminuição da criminalidade.

Em todos os Territórios da Paz, a diminuição no número de assassinatos foi de 26%.

A reestruturação da Polícia Interativa no Espírito Santo foi possível graças a um convênio estabelecido entre os governos federal, estadual e prefeituras, por intermédio do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), do Ministério da Justiça.

O programa prevê aplicação do policiamento interativo e ações sociais, como os projetos Mulheres da Paz.
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger