Coronel Anselmo Lima vai marcar um novo tempo na Polícia Militar

O coronel Anselmo Lima assume nesta sexta-feira o Comando Geral da Polícia Militar do Espírito Santo com o olhar voltado para a valorização dos profissionais que ajudam a manter sempre em alta o nome da corporação, que é uma das mais respeitadas e honradas do Estado.

A existência da PMES data dos anos de 1800, ainda quando o Brasil era Colônia de Portugal. Enfrentou crises e guerras, mas seus oficiais e praças jamais deixaram que sua honra e principal missão – salvar vidas e defender a sociedade capixaba – fossem atingidas por quem quer que fosse – mesmo quando as ofensas partiam de autoridades constituídas do Estado.

É esse bem estar que o coronel Anselmo vai manter a partir de sua posse, marcada para as 20 horas, em cerimônia no Quartel do Comando Geral, em Maruíipe. Assumirá o lugar de outro oficial digno da farda e do cargo que ocupou, que é o Oberacy Emmercih Júnior.

Anselmo Lima prefere dar entrevista somente após a sua posse. Porém, em discurso que fez quando se despediu do comando do 3° Batalhão (Alegre), há duas semanas, deixou claro que pretende, como comandante geral, valorizar o profissional e o ser humano dentro da corporação.

A palavra valorização dentro de uma corporação militar não significa necessariamente aumento de salário – até porque os militares capixabas recebem salários superiores aos pagos a policias de muitos estados da Nação.

Hoje, o soldado capixaba em início de carreira recebe, com escala especial, quase R$ 2.400,00. No Rio de Janeiro, o mesmo soldado recebe menos de R$ 1 mil por mês. E olhem que lá a guerra urbana é diária.

Valorização num ambiente militar significa, sobretudo, ‘‘dar moral’’ para a tropa trabalhar. Moral esta que o comandante que sai, coronel Emmerich, conseguiu oferecer a praças e oficiais junto com seu Alto Comando.

Com Emmerich, o auxílio fardamento foi instituído, um novo Quadro Organizacional foi implantado – o que está facilitando e tornando a promoção de praças e oficiais – e a tecnologia se tornou mais forte na PM. A corporação está implantando um sistema de teleconferência, que permite acompanhar em tempo real as operações policiais nas ruas, e instalando o Policiamento Eletrônico em vários municípios.

É, portanto, num novo tempo dentro da Polícia Militar do Espírito Santo.
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger