Jovem punida por diretora de presídio por dar beijo já está livre

Já se encontra em liberdade a jovem Adriene Martins Batista, 23 anos, que teve sua progressão de pena travada pela Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) porque fora punida pela diretora do Centro Prisional Feminino de Cachoeiro de Itapemirm, Leida Maria Ayres, pela “acusação” de dar beijos em colegas de cela.

“Estou aliviada e agradecida à Justiça do Espírito Santo, que reconheceu que eu já deveria estar em liberdade”, disse Adriene, ao chegar na manhã desta sexta-feira (04/03) ao escritório de seu advogado, Clóvis Lisboa, no centro de Vitória.
Ainda com marcas pelo corpo – que, segundo ela, teriam sido feitas por outras duas presidiáris, que a agrediram no início da semana –, Adriene garantiu que agora quer levar uma vida tranqüila, ao lado de seus filhos e do marido.

Na postagem anterior, o leitor entenderá melhor o caso Adriene.
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger