Sargento é preso por causa da fuga de advogado acusado de tráfico

Em sua última postagem, que teve o título ‘‘Traficante que fugiu do quartel da PM é advogado de Toninho Pavão e ligado a Fernandinho Beira Mar’’, o Blog do Elimar errou ao informar que Yung Alves Souto, 29 anos, havia dado entrada na carceragem do quartel do Comando Geral da PM no dia 11 deste mês (sexta-feira) e fugido um dia depois.

Na verdade, Yung foi levado para o quartel da PM pela Polícia Federal no dia 3 de março. A fuga, de fato, se deu no último sábado (12/03).

Corrigida a informação, o fato desta terça-feira (15/03) dá conta de que a Polícia Militar começou a caçada para recapturar o advogado fugitivo e investigar as circunstâncias da fuga.

Em relação às investigações, a PM já prendeu um sargento que estava de plantão na guarda do presídio no dia da fuga.

O sargento, segundo o chefe de Relações Públicas da PM, tenente-coronel Antônio Augusto da Silva, foi autuado em flagrante pela Corregedoria Geral da Polícia Militar pelo artigo 179 do Código Penal Militar, por permitir que um preso sob sua custódia fuja.

O indiciamento do sargento foi por causa ‘‘culposa’’, ou seja, os primeiros levantamentos indicam que a fuga do advogado acusado de tráfico ocorreu ‘‘por ausência da vontade’’ do militar.

A Corregedoria concluiu, num primeiro momento, que o sargento teria deixado de adotar medidas que poderiam evitar a fuga de Yung.

A prisão do sargento causou surpresa nos meios militares. Ele tem mais de 30 anos de PM e sempre foi considerado um militar de conduta decente.

Já está na reserva, mas voltou à ativa voluntária graças a uma lei de autoria do deputado estadual Josias Da Vitória, que permite o governo do Estado a contratar militares da reserva mantendo o salário da aposentadoria e uma ajuda de custa que pode chegar ate R$ 1.500,00.

A PM tomou conhecimento que Yung fez várias visitas ao traficante José Antônio Marim, o Toninho Pavão, no Presídio de Segurança Máxima de Viana e em Catanduvas (Paraná). Nas visitas, Yung se apresentava como advogado do traficante, mostrando, inclusive, sua carteira da OAB-ES.

Mais informações sobre a fuga na postagem anterior.
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger