Secretário da Segurança cria Corregedorias Integradas das Polícias Civil e Militar para valorizar profissionais e reduzir a impunidade

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Henrique Herkenhoff, baixou portaria criando as Corregedorias Integradas das Polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros, com a finalidade de valorizar os profissionais de polícia e reduzir a impunidade nas instituições.

O projeto das Academias Integradas faz parte do Programa Estadual de Modernização da Infraestrutura Física e Tecnológica da Segurança Pública, criado agora no governo de Renato Casagrande.

Não é só a implantação das Corregedorias Integradas que está sendo incrementada por Henrique Herkenhoff. O governo vai criar também Academias Integradas das Polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros. Na postagem publicada no dia 19 de julho, o Blog do Elimar informou que seria criada Academia Única. Na verdade, trata-se das Academias Integradas, que deverão funcionar no terreno onde hoje está instalada a Faesa II, no bairro Comduza, próximo a Ilha das Caeiras e São Pedro, em Vitória.

Em portaria criada em 13 de maio deste ano, o secretário da Segurança, Henrique Herkenhoff, nomeia o comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel BM Fronzio Calheira Mota, responsável pelos Projetos de “Implantação da Academia Integrada” e “Implantação da Corregedoria Integrada”.

Ainda segundo a Portaria 160-S assinada por Henrkenhoff, "o responsável pelos Projetos adotará como estratégias a ampliação, aperfeiçoamento e valorização do capital humano das organizações e a redução da impunidade, tendo atuação intersetorial no âmbito da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social e seus órgãos vinculados (Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar), bem como das demais Secretarias Estaduais, com a entrega do Projeto conceitual da Academia Integrada no ano de 2011 e a implantação da Academia Integrada e da Corregedoria Integrada ente os anos de 2012 e 2014".

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Anselmo Lima, criou comissão de estudos para implantação das Corregedorias Integradas das Polícias Militar e Civil e do Corpo de Bombeiros do Espírito Santo.

A comissão criada pelo comandante Anselmo Lima é formada pelo tenente-coronel PM Cristhian Tatagiba Franco e o major PM Anderson Loureiro Barbosa. Na portaria que assinou para criar a comissão, o coronel Anselmo diz que os oficiais estão sendo "designados para comporem a Comissão de avaliação de viabilidade de composição de Corregedorias Integradas entre a Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militares e PMES".
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger