Assassinato do juiz Alexandre Martins: Ministério Público faz sigilo sobre novas investigações

Em nota enviada ao Blog do Elimar na sexta-feira (19/08), o Ministério Público Estadual confirmou que novas investigações sobre o assassinato do juiz Alexandre Martins de Castro Filho, ocorrido em março de 2003, estão sendo realizadas.


Outras pessoas - além das seis já condenadas e outras três que aguardam julgamento - se tornaram alvo de investigação, mas "este tipo de procedimento corre sob sigilo".

O Ministério Público foi provocado pelo Blog do Elimar porque, na manhã de sexta-feira, em entrevista à CBN, o juiz Carlos Eduardo Ribeiro Lemos disse que o órgão já havia tomado conhecimento de denúncias que envolvem alguns coronéis da Polícia Militar com pessoas ligadas ao assassinato de Alexandre Martins, mas que até aquele momento ele (Carlos Eduardo) não sabia do resultado das providências adotadas pelo MPE.

Em nota, o procurador geral de Justiça, Fernando Zardini, garantiu que as investigações estão em andamento: "Tão logo toda a documentação requerida e apresentada seja analisada e, diante da comprovação dos fatos e denúncias imputadas, serão tomadas as providências legais cabíveis", afirmou o Ministério Público.

Abaixo, a íntegra da nota enviada pelo Ministério Público Estadual.


NOTA: O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) informa que encontram-se em andamento as investigações sobre o caso em tela. Informa também que este tipo de procedimento corre sob sigilo. Tão logo toda a documentação requerida e apresentada seja analisada e, diante da comprovação dos fatos e denúncias imputadas, serão tomadas as providências legais cabíveis.
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger