Delegados de Polícia Civil usam a criatividade para lamentar indiferença do governador para com a categoria

De maneira extrovertida e criativa, o Sindicato dos Delegados de Polícia do Espírito Santo (Sindelpo) tornou público, nesta quarta-feira (23/11), sua insatisfação com o governador Renato Casagrande (PSB) por tratar com indiferença as reivindicações da categoria. Essa indiferença vem desde os tempos em que Casagrande era candidato ao governo e ainda era senador da República.

Desde junho de 2010, o presidente do Sindelpo, delegado aposentado Sérgio do Nascimento Lucas, vem encaminhando ofícios ao governo do Estado tentando uma reunião com o chefe do Executivo estadual.

Em 2010, ele não conseguiu se reunir com o então governador Paulo Hartung (PMDB), que repassava às demandas sempre para a Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos (Seger).

Agora, em 2011, Sérgio Lucas imaginou que a situação seria diferente. Também sob o comando de Renato Casagrande, o Executivo não abriu as portas do Palácio Anchieta para os delegados, que são, dentro da estrutura de segurança pública do País, uma categoria de ponta.

Em 24 de junho de 2010, o Sindelpo encaminhou ofício a Paulo Hartung, descrevendo as necessidades da categoria. Em 1° de julho do mesmo ano, cópia do ofício foi enviada também ao então senador Renato Casagrande, que já era candidato ao governo do Estado com apoio de Hartung.

Seis dias depois, outro ofício chegou às mãos de Paulo Hartung, mas de novo o então governador repassou a responsabilidade de conversar com a direção do Sindelpo para a Seger. Em12 de agosto, novo ofício foi para o ainda então senador e candidato ao governo Renato Casagrande.

“Nem quando era candidato e ainda na função de senador da República, Renato Casagrande nos recebeu. Seu gabinete, em Brasília, dava sempre uma justificativa para o não acerto de uma agenda”, relembra Sérgio Lucas.

No dia 29 de novembro de 2010, já após a eleição de Casagrande, o Sindelpo tentou, de novo, falar com o futuro governador, com envio de ofício. Em 2011, o Sindicato dos Delegados encaminhou mais dois ofícios, agora para o governador Casagrande, tentando conversar diretamente com quem, de fato, manda no Estado: em 16 de maio e 21 de novembro. Nenhuma resposta. Por isso, nesta quarta-feira, o Sindelpo fez publicar em A Tribuna a seguinte nota:


“Nota de Agradecimento ao governador do Estado


Agradecemos ao Governo do Estado por não termos um salário justo e digno.
Agradecemos por não termos um processo de promoção que motive o profissional.
E agradecemos também por não regularizar a nossa aposentadoria especial, a exemplo do que já existe para policiais militares, federais e rodoviários federais.
Temos que morrer trabalhando!
Finalmente, agradecemos ao Excelentíssimo governador Renato Casagrande por não nos receber.
Com a palavra, a sociedade. Direito é para ser respeitado!


Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado do Espírito Santo.


Sérgio do Nascimento Lucas
Presidente
“A Luta pelos Royalties é dever de todos os capixabas.”

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger