Morador diz que há 13 anos era extorquido por policiais do 14° Batalhão e Justiça manda soltar dois PMs presos na operação de Iúna


A Justiça capixaba mandou soltar, nesta quinta-feira (15/12), o sargento Omar Grypp de Souza e o soldado José Carlos Mendes Rodrigues, presos no dia 30 de novembro de 2011 na mesma operação realizada em Iúna e que mandou para a prisão o comandante do 14° Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Wellinton Virgílio Pereira. O grupo é acusado de extorsão e de proteger suspeitos de pistolagem e agiotagem na Região do Caparaó.
A ordem de soltura, expedida pela Justiça, chegou nesta tarde à Corregedoria Geral da PM, em Vitória. Para entender melhor o assunto, veja o link
http://elimarcortes.blogspot.com/2011/11/lista-dos-militares-presos-na-operacao.html

Ainda nesta quarta-feira, o Grupo Especial de Trabalho Investigativo (Geti) do Ministério Público Estadual ouviu depoimentos de três moradores de Iúna que declararam ser vítimas de extorsão de policiais militares que atuavam em Iúna e Ibatiba, sob o comando do tenente-coronel Wellington.

Uma das supostas vítimas disse que há 13 anos estaria sendo  extorquido pelos policiais presos na operação do dia 30 de novembro. Os militares são lotados no 14° Batalhão.
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger