Operação da Polícia Civil resulta na apreensão de drogas, armas, munição e na prisão de agente penitenciário acusado de comandar grupo de extermínio na Grande Vitória

A operação ‘Avalanche’ realizada pela Polícia Civil movimentou a região da Grande Vitória nesta quinta-feira (22). Sete delegacias e mais de 120 policiais participaram da ação que começou, simultaneamente, durante a madrugada em Vitória, Vila Velha, Serra e Cariacica.


Os policiais prenderam 10 pessoas em flagrante, sendo uma delas por homicídio, cinco por tráfico de drogas e uma por posse ilegal de arma de fogo. Os outros três detidos foram autuados e liberados.

Na Capital, os policiais da Delegacia de Crimes Contra Vida (DCVV) de Vitória juntamente com o Núcleo de Gerenciamento de Operações Táticas e Instrução (Nugoti) cumpriram mandados nos bairros São Pedro, Itararé e Alagoano. Sendo que nesse último foram presos cinco bandidos – sendo três adolescentes.

Com eles foram encontrados 15 quilos de ácido bórico, uma pistola calibre 380, uma bomba caseira, 64 papelotes de cocaína e uma embalagem com 100 gramas de droga, 18 aparelhos de celular, R$ 2.580,00 em dinheiro, uma balança de precisão, um notebook e um aparelho de televisão de LCD.

Ainda em Vitória, foi preso em flagrante na Praia do Suá um acusado de receptação qualificada. Com ele, a equipe de policiais civis da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) apreendeu um carro de marca Vectra, cor prata, roubado no dia 25 de janeiro desse ano no Civit II, Serra.

Além do flagrante, o criminoso tinha um mandado de prisão em aberto por receptação. O carro recuperado estava com a placa clonada e tinha restrição de roubo desde 2010. Dentro do porta-malas do veículo foram encontradas diversas peças novas de carros, decoder de TV paga e alguns pares de sapato. O acusado tem outras passagens pela polícia.

De acordo com as investigações, o receptador da Praia do Suá pertence a uma quadrilha de roubo de carro e carga. Além disso, foram vistoriados ferros-velhos em Vitória, Vila Velha, Cariacica e Serra, sendo que um deles foi multado em R$ 20 mil pela fiscalização municipal da Serra.

No município de Vila Velha foram definidos nove pontos de atuação, e a Polícia Civil prendeu seis pessoas, apreendeu 61 munições de diversos calibres, uma pistola 380, um carro e um computador. Em Cariacica, os policiais atuaram em oito alvos e apreenderam um adolescente com seis munições, sete papelotes de cocaína, uma bucha de maconha e R$146,00.

Na Serra, a equipe de policiais da Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) do município prendeu o agente penitenciário T.S.F.C. apontado como o principal suspeito de um homicídio ocorrido no dia 01 de agosto do ano passado, próximo à Rodovia Audifax Barcelos, no bairro Macafé, na Serra.

De acordo com o delegado Josafá da Silva, T.S.F.C. foi preso em sua residência, no bairro Goiabeiras, em Vitória. No homicídio, o adolescente José Henrique Ferreira foi morto no interior de uma plantação de eucaliptos com diversos disparos de arma de fogo.

“Segundo as investigações, a motivação do crime foi ‘queima de arquivo’, já que a vítima reconhecia os acusados como envolvidos em um grupo de extermínio que agia na Serra”, declarou o delegado.

O delegado também acrescentou que com a prisão de T.S.F.C. as investigações e apurações se intensificarão para identificar os demais envolvidos no crime.

Ainda durante a operação, a Delegacia de Defraudações e Falsificações (Defa) apreendeu 18 mil dvd’s e cd’s, 400 óculos e 59 pares de chinelos além de prender oito pessoas. Já a Divisão de Repressão de crimes contra o Patrimônio (DRCCP) e a Delegacia Especializada em Tóxicos e Entorpecentes (Deten) realizaram saturação nas áreas com o maior número de crimes contra o patrimônio em bairros de Vitória, Vila Velha, Serra e Cariacica.

(Com informações do site da Polícia Civil do Espírito Santo)

Nota do Blogueiro: A Operação Avalanche, realizada pela Polícia Civil em diversos pontos da Grande Vitória, é um exemplo claro da importância desse tipo de ação policial para o combate à criminalidade. A sociedade agradece e aplaude! A operação ocorreu uma semana depois que este mesmo Blog defendeu a presença também de policiais civis nas ruas, para ajudar a co-irmã Polícia Militar, que parece estar sofrendo com a falta de efetivo – e também de planejamento. É claro que a Polícia Civil já planejava a operação há muito tempo, bem antes da sugestão feita aqui no Blog. Seus serviços de Inteligência já vinham mapeando, com a ajuda de investigadores e delegados das delegacias que participaram da ação, os locais onde os bandidos poderiam estar escondidos. A PC planejou bem a ação e a executou com perfeição. A população clama por mais operações como a Avalanche e estamos convictos de que outras ocorrerão. 
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger