Polícia Civil começa a derrubar o império de um dos maiores bicheiros do Espírito Santo


O que era impossível em tempos atrás, no atual governo de Renato Casagrande está se tornando uma realidade: o combate ao crime organizado com atos e fatos, sem discurso. Prova disso é que nos dois últimos dias o Núcleo de Repressão às Organizações Criminosas (Nuroc) da Polícia Civil prendeu diversos bicheiros. O mais famoso deles, Jolimar Valadares, foi preso nesta quarta-feira (18/07). Com ele, a Polícia Civil teria apreendido R$ 1 milhão em espécie.


Jolimar atua no jogo do bicho há mais de 40 anos. Construiu um verdadeiro império ao longo de décadas. É dono de uma faculdade particular em Vila Velha, junto com seu filho, Jeferson Valadares, que também foi preso nesta quarta-feira. Ajudou, com dinheiro da contravenção, a eleger diversos políticos nas últimas quatro décadas no Espírito Santo.

Instalou-se em Vila Velha nos anos 80, depois de denunciar outros bicheiros por envolvimento no assassinato do também contraventor Jonathas Bularmarques. Ganhou, do Estado, uma espécie de salvo conduto. Mas agora parece que a “casa caiu”. Somente neste ano, esta é a segunda vez que Jolimar Valadares vai parar atrás das grades. Na primeira vez – em 3 de abril –, ele foi preso pela Polícia Federal, mas pagou fiança e acabo solto. Foi preso com dinheiro do jogo do bicho e por porte ilegal de armas.

Na atual operação, a Polícia Civil prendeu diversas pessoas ligadas ao jogo do bicho em ações policiais que vêm ocorrendo desde terça-feira (17/07). Segundo o Nuroc, com Jolimar Valadares e o filho dele, Jeferson Valadares – que também foi preso nesta quarta-feira – foram encontrados comprovações de um esquema de lavagem de dinheiro.

Ainda de acordo com a polícia, o dinheiro apurado com o jogo do bicho era investido na compra de dólares, carros e lanchas, além de ser aplicado em empresas como lojas, restaurantes e até faculdades. A faculdade, que fica em Vila Velha, é administrada por Jeferson.

Já em Cachoeiro de Itapemirim, o Nuroc prendeu o bicheiro Geraldo Santana e o filho dele, Vicente da Galo de Outro, além de Alberto da Águia do Sul. Geraldo já foi preso pela PF. Também foi preso Luciano Guimarães, da banca Boa Sorte, filho do Zinho, já falecido e um dos fundadores de banca em Cachoeiro.

O jogo do bicho hoje em Cachoeiro está em segundo plano. O negócio lucrativo dos contraventores são as máquinas caça de níqueis, em que percentual é 75% para a máquina e 25% para o apostador.

Na operação, até o momento a polícia já aprendeu R$ 1 milhão em dinheiro, além de R$ 3 milhões em cheques. Também foram apreendidas várias armas e três caminhões com equipamentos de jogo do bicho e caça níqueis.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger