Governador enaltece qualidades de André Garcia para ocupar a Secretaria da Justiça


O governador Renato Casagrande deu nesta terça-feira (18/09) pelo menos quatro motivos que o levaram a escolher André Garcia para assumir a Secretaria de Estado da Justiça do Espírito Santo. Ao mesmo tempo em que assumirá o lugar de Ângelo Roncalli, que deixa o governo por conta de denúncias de seu envolvimento com supostas corrupção no Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases), autarquia ligada à Sejus, André Garcia permanecerá respondendo pela Secretaria de Estado de Ações Estratégicas. Receberá, porém, somente o salário relativo ao cargo de um secretário.


“Escolhi o doutor André Garcia pelo conhecimento que ele adquiriu como secretário de Ações Estratégicas, ao implantar o programa de segurança pública do governo que é o Estado  Presente. Também pesa a favor dele sua capacidade de diálogo. Sendo assim, ele vai ampliar o diálogo com o Judiciário e o Ministério Público, nossos parceiros na luta pela melhoria do sistema prisional capixaba. Também o escolhi pela sua capacidade de diálogo com os grupos que defendem os direitos humanos e por sua capacidade de diálogo com o Legislativo”, disse o governador.

A fala de Renato Casagrande foi feita durante sessão da Assembleia Legislativa, em que ele e o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Pedro Valls Feu Rosa, entregaram aos deputados projeto de lei que cria a Lei de Execuções Penais – o Espírito Santo é o primeiro Estado do País a ter sua lei, que visa disciplinar e humanizar o sistema prisional.

Casagrande não citou em momento algum o nome de Ângelo Roncalli. O ex-secretário foi denunciado pelo Ministério Público Estadual pela acusação de ligação com o grupo que vinha, segundo a Força Tarefa da Polícia Civil – comandada pelo delegado Rodolfo Laterza –, desviando dinheiro no Iases e praticando maus tratos, como incentivo ao suicídio, tortura e rebeliões nas unidades de internação de adolescentes. O governador, entretanto, fez questão de enaltecer as qualidades de André Garcia:

“Sei que ele (André Garcia) vai entrar numa área difícil de ser gerenciada, mas o escolhi pelo seu conhecimento como gerente do Estado Presente. Além disso, ele já foi secretário Estadual da Segurança. Tem experiência”, afirmou Renato Casagrande.
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger