Tribunal de Contas dá parecer favorável para aposentadoria aos 30 anos de serviço para policiais civis

O Tribunal de Contas do Espírito Santo tomou nesta terça-feira (25/09) uma importante e justa decisão. De acordo com o presidente do TCE, conselheiro Carlos  Ranna, a Corte e o Ministério Público de Contas já deram parecer favorável para que os policiais civis capixabas devem ser
aposentados de forma especial, com 30 a anos de serviço e com integralidade e paridade.

Há décadas, a categoria vem lutando pelo direito de se aposentar com 30 anos de atividade policial. Em reunião com dirigentes do Sindicato dos Policiais Civis do Estado (Sindipol), o presidente do Tribunal de Contas confirmou que o parecer favorável à aposentadoria com integralidade e paridade será entregue aos policiais civis e seus representantes classistas no início do próximo mês de outubro.



Uma lei federal já dá garantia aos policiais civis de se aposentarem com 30 anos de atividade,mas o Estado do Espírito Santo entendia que os policiais não tinham direito à integralidade e paridade. Com o parecer do Tribunal de Contas, justiça está sendo feita.

A reunião desta terça-feira contou com representantes de todas as entidades de classe dos policiais civis e foi agendada pelo deputado estadual Gilsinho Lopes, que é delegado de Polícia.


 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger