Delegado relata como foi o resgate de menina de 15 anos que fugiu de casa com rapaz que conheceu pela internet

A Polícia Civil do Espírito Santo deu mostra, nesta semana, de sua eficiência e como é importante para a sociedade. Demonstrou, de novo, que seus profissionais, além de encarar uma investigação policial, preocupam-se, sobretudo, com o bem estar das famílias.

Foi assim que uma equipe de policiais, orientados pelo chefe da Delegacia de Marilândia, delegado   Landulpho Lintz, deslocou-se à cidade de Japeri, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, para resgatar uma menina de 15 anos que havia fugido de casa com, um rapaz (carioca) que conheceu por meio da internet.

O delegado faz, nesta postagem um breve relato de como a menina fugiu e como a Polícia Civil chegou ao ser paradeiro. A jovem já se encontra em casa, junto a sua família, graças ao trabalho da Polícia capixaba, que teve o apoio da Polícia Civil do Rio. 

O relato do delegado Landulpho Lintz


“Informo que na manhã de hoje (09/11/2012) equipe de policiais civis da Delegacia de Polícia de Marilândia, com apoio do Conselho Tutelar de Marilândia, após 24 horas e mais de 1.300 quilômetros percorridos ininterruptamente (entre Marilândia-ES e Rio de Janeiro-RJ), restituiu aos responsáveis legais a adolescente de 15 anos, GABRIELE ASSIS DE SOUZA, que havia desaparecido de Marilândia no dia 29 de setembro deste ano depois de ter dito a familiares que iria em uma festa no município de Colatina.

GABRIELE foi localizada a partir de trabalho de Inteligência desenvolvido pela Delegacia de Marilândia que, através da quebra do sigilo telefônico da adolescente, obteve informações no sentido de que ela se encontrava na cidade do Rio.

Com apoio da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente – DPCA – do Rio de Janeiro, de titularidade da delegada Bárbara Lomba Bueno –, foi cumprido mandado de busca e apreensão de GABRIELE, que foi localizada junto de GABRIEL DE OLIVEIRA MARIANO, 19 anos, em Japeri, município situado na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Em depoimento, GABRIELE alegou que conheceu GABRIEL através da internet, em um chat de relacionamento, e mantiveram contato por rede social e telefone celular. Nesses contados GABRIELE disse que queria sair da casa dela, fato que motivou GABRIEL a se deslocar, no dia 29/09/2012, até Colatina (cidade vizinha a Marilândia), onde encontrou com GABRIELE e em seguida a levou de ônibus para a cidade do Rio e posteriormente para Japeri.

GABRIEL irá responder pelo crime tipificado no artigo 248 do Código Penal (Sonegação de Incapaz). Contra ele foi lavrado Termo Circunstanciado que será encaminhado à Justiça.

Desses fatos é possível claramente observar os perigos do uso da internet por crianças e adolescentes quando aliado à omissão dos pais, os quais têm a missão de manter constante vigilância sobre as atividades e relacionamentos mantidos pelos seus filhos, inclusive os realizados na internet.”

Depoimento do delegado Landulpho Lintz, chefe da Delegacia de Polícia Civil de Marilândia.
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger