Luciano Rezende acerta na escolha do tenente-coronel Welington e do delegado Marcelo Nolasco para seu secretariado em Vitória


O delegado Marcelo Nolasco, atual titular da Delegacia  de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), será o futuro secretário de Cidadania e Direitos Humanos de Vitória, enquanto o tenente-coronel Welington da Costa Ribeiro, comandante do 8º Batalhão da Polícia Militar (Colatina), vai assumir a Secretaria de Segurança Urbana.


O anúncio dos nomes foi feito nesta quarta-feira (26/12) pelo prefeito eleito de Vitória, Luciano Rezende (PPS). Duas escolhas feitas com inteligência e sabedoria pelo futuro prefeito da capital.

Luciano Rezende anunciou ainda outros quatro nomes para compor seu secretariado. Ainda restam os nomes para o comando de quatro pastas, mas elas deverão ser fundidas em duas e isso reduziria de 23 para 21 a quantidade de secretarias.

Além do delegado Marcelo Nolasco e do tenente-coronel Welington da Costa, também farão parte do governo de Luciano a médica e ex-diretora do Hospital Infantil de Vitória, Sony Itho, na Secretaria Municipal de Saúde; e Wallace Valente, ex-árbitro de futebol e assessor de Assuntos Estratégicos do Governo do Estado, na Secretaria Municipal de Esportes e Lazer.

Também foram anunciados Paulo Renato Fonseca Junior, atual presidente da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Turismo da Região Metropolitana (Adetur), para a pasta do Turismo; e, para a Secretaria de Administração de Vitória, Sueli Mattos - economista e consultora de Planejamento e Gestão Pública.

De acordo com o prefeito eleito, os quase 30% na redução do índice de homicídios no município de Colatina, em 2012, deram base para que fosse feito o convite ao tenente-coronel Welington da Costa. O novo secretário Municipal de Segurança Urbana pretende priorizar mudanças na atitude da Guarda Comunitária e dos agentes de Vitória.

Na manhã desta quarta-feira, em entrevista à rádio CBN, Luciano Rezende afirmou que a Guarda "terá papel de polícia" porque "não pode se restringir à função de cuidar do patrimônio.

Garantiu ainda que a Guarda Municipal vai atuar de forma conjunta com as polícias Civil e Militar para "organizar cracolândias" e "patrulhar entornos de escola":

"Precisamos entender que é responsabilidade nossa participar da prevenção e dar a nossa parte. É um contingente considerável e precisamos auxiliar as forças policiais do Estado no combate à criminalidade e trazer níveis aceitáveis de violência", afirmou o tenente-coronel Welington da Costa, logo após ter seu nome anunciado.

Para o delegado Marcelo Nolasco, o convite para comandar a Secretaria de Direitos Humanos de Vitória é mais uma possibilidade de abranger sua área de atuação. "A Cidadania e Direitos Humanos vai atuar junto com as demais secretarias para que tenhamos um fortalecimento das famílias e da sociedade como um todo", disse o delegado.

O tenente-coronel Welington da Costa e o delegado Marcelo Nolasco são profissionais de primeira linha. O primeiro vem realizando um excelente trabalho no 8º Batalhão. Segue a cartilha do Policiamento Comunitário, assim como a maior parte dos oficiais da Polícia Militar.

Adotou um estilo interativo em Colatina e nos demais municípios sob responsabilidade de seu Batalhão. É querido e respeitado pela sociedade e atua sempre em conjunto com as demais instituições, como a Polícia Civil, Ministério Público, Judiciário e, sobretudo, com as comunidades.

“Posso garantir que a escolha do tenente-coronel Welington da Costa para assumir a direção da Secretaria de Segurança Urbana de Vitória é um orgulho muito grande para nós militares. Também é um orgulho para nós colatinenses, já que ele comanda o nosso Batalhão”, comentou o diretor Jurídico da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar do Estado do Espírito Santo, Moábio Washington Mendes.

O delegado Marcelo Nolasco está à frente da DPCA desde 30 de outubro de 2008. Seu trabalho é reconhecido nacionalmente. Já recebeu prêmios como as comendas Everton Montenegro Guimarães (Direitos Humanos), Desembargador José Antônio Miguel Feu Rosa (Jurídica), Padre Alfonso Pastore (da Paz), todas da Câmara Municipal de Vitória. A medalha Dom João Batista da Mota e Albuquerque (Direitos Humanos), também da Câmara Municipal de Vitória, e a Ordem do Mérito Domingos Martins, no Grau Comendador, maior honraria de nosso Estado, concedida pela Asembleia Legislativa.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger