Mais de 500 pessoas prestigiam lançamento do livro dos coronéis Júlio Cezar e Costa

Mais de 500 pessoas prestigiaram o lançamento do livro “Segurança Pública: Convergência, Interconexão e Interatividade Social”, dos professores e coronéis da reserva remunerada da Polícia Militar do Espírito Santo João Antônio da Costa Fernandes e Júlio Cézar Costa.

O lançamento do livro foi promovido pela Universidade de Vila Velha (UVV) e realizado na noite de terça-feira (188/12) no auditório do Prédio de Inovações Tecnológicas do Campus Boa Vista da UVV. Em breve, o livro será lançado em Alegre, onde está instalado o 2º Batalhão da PM, que deu origem ao modelo de Policiamento Comunitário – um dos temas do livro –,  e em Barra de São Francisco.

Entre as mais de 500 pessoas presentes no auditório da UVV estavam magistrados – desembargadores e juízes –, oficiais e praças da PM, advogados, procuradores e promotores de Justiça, religiosos, políticos, secretários municipais, jornalistas, estudantes de Direito, operadores de segurança pública e privada e  cidadãos comuns.

O ex-presidente do Tribunal de Justiça, desembargador aposentado Alemmer Moulin, fez questão de prestigiar o lançamento do livro. Também presente estavam o desembargador Willian Couto Gonçalves, o reitor da UVV, professor Manoel Cecilliano Salles de Almeida, o deputado estadual Sérgio Borges e o  comentarista de Segurança Pública da Rede Gazeta, empresário Marco Do Val, dono da Cati.

Lá estava também o coronel Carlile, o terceiro oficial mais antigo da PMES com seus 90 anos de idade. Lideranças de entidades de classe, como o atual vice-presidente da Associação de Cabos e Soldados da PM e do Corpo de Bombeiros, cabo Roberto Caetano, se fez presente ao evento, em que os dois  autores fizeram questão de homenagear seus familiares durante o lançamento do livro.

Para os professores e coronéis Júlio Cezar e Costa, o livro “Segurança Pública: Divergência, Interconexão e Interatividade Social” vem para preencher uma lacuna existente na segurança pública brasileira, visando apoiar os governos e instituições na modelagem de um sistema de segurança pública que seja eficiente, respeitador dos direitos humanos e que se baseie nas expectativas da sociedade:

Pelo que se observa da obra, ela servirá também para estudantes dos cursos de Polícia e Direito, bem como para os operadores de Justiça Criminal como fonte rica de novas opções:

“Esquecemos o mais do mesmo e fizemos uma obra diferente”, afirma o agora escritor João Antônio da Costa Fernandes.

Numa rápida leitura do “Segurança Pública: Convergência...”, nota-se que o livro questiona o modelo histórico de segurança pública no Brasil, expõe toda parametrização internacional concernente ao trabalho policial no mundo e abre uma janela para um modelo futuro, organizado em parceria com a sociedade.

Levando em conta esse paradigma, o coronel e professor Júlio Cezar diz, de forma bem convincente em entrevista ao Blog do Elimar Côrtes, que o governador Renato Casagrande está no caminho certo e que a sociedade capixaba pode e deve participar do modelo comunitário hoje em renovação no Espírito Santo, depois de muito tempo esquecido.

Ressalta o coronel Júlio Cezar – que é membro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública  e da Associação Internacional dos Chefes de Polícia (IACP) –, um dos autores do livro, que a criação da Diretoria de Direitos Humanos e Polícia Interativa na Polícia Militar pelo atual governo e as ações do Estado Presente são um passo importante parta o início de um tempo novo na segurança pública capixaba.

O livro era para ser escrito desde 2003, mas saiu agora com o fruto da serenidade e maturidade dos professores e coronéis Júlio Cézar e João Antônio da Costa.

A importância da UVV para os autores do livro é fator a ser considerado no momento em que a segurança pública deixou de ser “conversa de botequim” para ser tratada de modo científico e metodológico.

O livro tem prefácio do promotor de Justiça e membro fundador da ONG Transparência Capixaba, Leonardo Barreto.

Maiores informações para a aquisição de exemplares da obra poderão ser feitas através do e-mail (policiainterativa.livro@gmail.com).

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger