Estado reabre inscrição para contratação de agentes penitenciários


A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) reabre a partir desta quarta-feira (16/01) as inscrições para o concurso público realizado para a contratação de 250 agentes penitenciários e 250 agentes de escolta e vigilância. O salário inicial é de R$ 2.156,70.


As inscrições poderão ser realizadas, exclusivamente pela internet, no site (www.vunesp.com.br) da empresa organizadora, que é a Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp), entre os dias 16 de janeiro e 15 de fevereiro.

Os candidatos que já realizaram sua inscrição conforme o edital de número 001/2012, publicado no dia 06 de agosto de 2012, têm seus direitos de participação na seleção garantidos.

O item do edital que exigia idade limite de 30 anos para a nomeação nestes cargos foi retirado e agora, os candidatos devem obedecer aos seguintes pré-requisitos: ter ensino médio completo, ter a estatura mínima de 1,60 (mulheres) e 1,65 (homens) e possuir carteira de habilitação nas categorias B, C, D ou E.

“A realização do concurso público está alinhada com o Plano Estratégico do Governo do Espírito Santo 2011-2014, denominado Novos Caminhos. Uma das estratégias previstas no documento é a ampliação, o aperfeiçoamento e a valorização do capital humano das organizações de justiça, segurança pública e defesa social”, explica o secretário de Estado da Justiça, André Garcia.

O concurso será composto por seis etapas, todas eliminatórias: prova objetiva, prova de condicionamento físico, exame de saúde, prova de aptidão psicológica, comprovação de idoneidade e conduta ilibada na vida pública e na vida privada e curso de formação penitenciária.

A prova objetiva vai abordar o seguinte conteúdo: português, matemática, atualidades, direitos humanos, Lei de Execução Penal, Lei Complementar Estadual 46/1994 e Lei 9.455/1997 (lei que define os crimes de tortura).

Os agentes penitenciários desenvolvem atividades de atendimento, custódia, guarda, assistência e orientação de pessoas recolhidas nas unidades prisionais do Estado. Já os agentes de escolta e vigilância penitenciária desenvolvem ações de vigilância das unidades prisionais nas muralhas, guaritas e alambrados que compõem as suas edificações; desenvolvem ações de contenção, vigilância do preso, condução do preso à rede hospitalar para assistência médica e odontológica, condução de veículos de transporte de presos e outras atividades.

Dúvidas sobre o concurso podem ser solucionadas com Vunesp pelo telefone (11) 3874-6300.




Fonte: Assessoria de Imprensa da Sejus.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger