Governador concorda com parecer final e manda arquivar Conselho de Justificação do coronel Gonçalves


O Aditamento Reservado ao Boletim Geral da Polícia Militar do Espírito Santo, n.º 005, de 31 de janeiro de 2013, publicou a solução do governador Renato Casagrande em que determina o arquivamento do Conselho de Justificação do coronel Carlos Rogério Gonçalves de Oliveira.


Conforme este Blog informou em primeira mão no dia 2 de novembro do ano passado, o Conselho de Justificação aberto pelo Comando Geral da Polícia Militar para apurar a conduta do coronel Gonçalves, que foi investigado por suposto assédio sexual a uma soldada, considerou o oficial inocente da acusação.

De acordo com o Aditamento Reservado do BGPM, os coronéis que integraram o Conselho de Justificação também consideraram Gonçalves inocente da acusação de supostas represálias administrativas sofridas pela soldada que o denunciou.

“Corroborando com o parecer dos membros do Conselho de Justificação, Exmo. Sr Governador do Estado, o  Renato Casagrande, determinou o arquivamento dos autos com base no inciso I do artigo 13 da Lei 3.213/1978”, diz o Aditamento.

“Sempre garanti para meus amigos, colegas de farda e para minha família que eu era inocente do absurdo inventado por essa moça. Eu e minha família sofremos muito durante todos esses anos. Mas agora justiça está sendo feita”, disse o coronel Gonçalves.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger