Exclusivo: Coronel Gonçalves desabafa: “Nasci homem e vou morrer homem”

"Nasci homem e vou morrer homem. Não abro mão dessas duas coisas". O desabafo foi feito na noite deste sábado (16/03) pelo coronel Carlos Rogério Gonçalves de Oliveira, que cumpre prisão domiciliar, por determinação da Justiça Militar – atendendo a pedido do Ministério Público Estadual –, pela acusação de assédio sexual contra uma cabo.

Conforme informado em postagem anterior, o Comando Geral da Polícia Militar mandou recolher o celular, arma, notebook e a viatura, de uso institucional, do coronel Gonçalves. Mas o Blog do Elimar Côrtes conversou, rapidamente, com o oficial por meio de seu celular particular.

Bastante emocionado e até chorando, o coronel Gonçalves desabafou:

“Nasci homem e vou morrer homem. Sou policial militar e estou coronel. Abro mão das últimas duas coisas, mas nunca abrirei mão das duas primeiras. Nasci em Barra de São Francisco, terra de homens”.

O coronel Gonçalves preferiu não estender na entrevista e nem entrar em detalhe sobre a acusação de assédio sexual, até porque ele garantiu desconhecer o teor da acusação. “No momento certo provarei minha inocência”, afirmou.

Segundo fontes próximas ao coronel Gonçalves e ao próprio Comando Geral da Polícia Militar, ele sequer foi ouvido no Inquérito Policial Militar (IPM) aberto pela Corregedoria Geral da PM para investigar a denúncia da policial, que alegou ter sido vítima de assédios sexual dentro de uma unidade militar.

“Tudo aconteceu muito rápido. Até quinta-feira, o coronel Gonçalves estava em reunião no Comando Geral da PM. Na sexta-feira, surgiu a denúncia, foi aberto IPM, ele não foi ouvido e hoje (sábado) está preso. Não vou julgar nada e nem ninguém, mas me parece que o coronel Gonçalves não teve direito a se defender. Mas acredito que na segunda-feira, quando o advogado do Gonçalves entrar em ação, ele poderá provar ou não a inocência do colega. É tudo que sei”, comentou outro coronel do Alto Comando da PM.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger