Polícia Militar e Guarda Municipal garantem a segurança das 150 mil pessoas que vão à 3ª Grande Reunião da Maranata


A Polícia Militar, a Guarda Municipal e seguranças privados estarão desde os primeiros minutos da manhã deste domingo, na região da Enseada do Suá e na Praia do Sua, para garantir a segurança das mais de 150 mil pessoas que estão sendo aguardadas para participar da 3ª Grande Reunião, concentração evangélica promovida pela Igreja Cristã Maranata. O encontro será na Praça do Papa e o culto se inicia às 17 horas.


A 3ª Grande Reunião tem  o objetivo de iniciar as ações comemorativas dos 45 anos de fundação da Igreja Maranata, que nasceu no Espírito Santo e hoje tem templos e seguidores por várias partes do Planeta. O culto deste domingo tem a finalidade de proclamar aquela que sempre foi a mensagem da igreja ao mundo e que traduz, literalmente, o nome da Maranata: “MARANATA. O SENHOR JESUS VEM!”

A igreja Cristã Maranata vem realizando, ao longo de sua existência, diversas reuniões, por todo o Brasil, com o objetivo de divulgar a sua mensagem. Já foram feitas centenas de reuniões em locais públicos, estádios de futebol, ginásios e áreas que possibilitem o acesso e acomodação de centenas de milhares de membros e visitantes.

Dois desses eventos foram especiais, sendo considerados como a 1ª e 2ª Grandes Reuniões. O primeiro, na década de 1970, no Estádio Engenheiro Araripe, da Desportiva, em Jardim América, Cariacica,  com 35 mil pessoas reunidas. Em 2006, no Mineirão, em Belo Horizonte, a 2ª Grande Reunião foi realizada com mais de 110 mil pessoas.

No encontro deste domingo na Praça do Papa, haverá períodos de louvor e mensagens, com duração máxima de uma hora e meia.

A expectativa é a de que mais de 150 mil pessoas estejam presentes ao evento. Destas, a igreja já tem inscritos mais de 100 mil somente da Grande Vitória, além da participação representativa de pastores de outras cidades e estados do País. Haverá a participação de coral com 1.500 crianças, além de um coro de 1.200 vozes.

O evento está sendo organizado de forma a oferecer a todos os presentes as melhores condições de segurança e conforto possíveis, para assistirem, por cerca de uma hora e meia a louvores, dos quais todos poderão participar, cantando em conjunto, e a uma mensagem de salvação, dando ciência a todos do momento profético que o mundo vive.

É na segurança que entram policiais militares, guardas municipais e agentes de trânsito de Vitória. Quando o papa João Paulo II esteve em Vitória, em agosto de 1991, ele celebrou missa onde hoje se encontra a Praça do Papa.

Mais de 300 mil pessoas participaram do culto e a Polícia Militar – na época não exista ainda a Guarda Municipal – garantiu toda a segurança e não houve qualquer registro de delito. A segurança foi toda planejada pelo coronel Guilherme Paterllini, hoje na reserva. Na ocasião, ele era o chefe do então Serviço Reservado de Informação (PM-2) e, posteriormente, se tornou o comandante geral da PMES.

Desta vez, também, as cerca de 150 mil pessoas que são esperadas para a 3ª Grande Reunião da Maranata têm a garantia de que a segurança vai funcionar plenamente.

Uma das pistas da avenida Nossa Senhora dos Navegantes será interditada – a pista de sentido Centro-Enseada do Suá. Os ônibus especiais que conduzirão as pessoas de seus bairros da Grande Vitória e municípios do interior para o culto deste domingo ficarão em outras áreas próximas à Enseada do Suá, de forma que não terão acesso ao local do evento, para facilitar a locomoção das pessoas.

O culto é aberto ao público e de entrada franca. O evento se iniciará pontualmente às 17 horas e a direção da igreja recomenda a chegada até 1 hora antes. Haverá quase 10 mil voluntários envolvidos no evento, desde a limpeza da praça até a assistência e oração pelos visitantes após o culto.

O culto será transmitido via satélite para todas as igrejas do Brasil e exterior, além da transmissão pela internet para todo o Planeta, com tradução simultânea para cinco línguas.

Haverá 21 mil lugares nas arquibancadas, além de 300 metros quadrados de área para portadores de limitações de locomoção e um espaço para 200 surdos, com interpretação em Libras, que a Língua Brasileira de Sinais. Pelo menos oito ambulâncias estarão no local para eventuais necessidades de atendimento, além da Equipe de Brigadistas da Igreja Maranata.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger