Patrulha da Comunidade reforça policiamento na Grande Vitória

Para reforçar a segurança e prevenir crimes contra o patrimônio o Governo do Espírito Santo, por meio da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), lançou na manhã desta segunda-feira (26) o projeto Patrulha da Comunidade. Para isso, será empregado exclusivamente no patrulhamento de 19 bairros dos municípios de Vitória, Vila Velha, Serra e Cariacica o reforço de 40 viaturas e 80 motocicletas, sem que o serviço seja interrompido pelo acionamento do Centro Integrado Operacional de Defesa Social (Ciodes). O serviço será implantado na próxima quinta-feira (29/08).

“Assinamos editais importantes para a segurança pública e já realizamos o maior investimento nesta área em toda a história do Espírito Santo. Investimos em equipamentos, viaturas, recursos humanos e criamos parcerias junto aos municípios para que haja um esforço conjunto no combate à violência. Tudo isso faz parte do programa estadual de segurança, o Estado Presente, onde entendemos que segurança não se faz apenas com ação de polícia, mas com o envolvimento de demais áreas como educação, saúde, esporte, desenvolvimento urbano e qualificação profissional. A sociedade exige de nós respostas rápidas na área da segurança e temos nos esforçado para atender à expectativa da população”, afirmou o governador Renato Casagrande.


De acordo com o secretário de Segurança Pública, André Garcia, uma ação específica para atender a uma demanda necessária e prioritária será iniciada. Os bairros com grande movimentação comercial tais como Glória, Centro, Coqueiral de Itaparica, Parque das Gaivotas e Cobilândia, em Vila Velha; Jardim da Penha, Jardim Camburi, Praia do Canto, Enseada do Suá, Centro, em Vitória; Laranjeiras, Jacaraípe, Serra Sede, Bairro de Fátima e André Carloni, na Serra e Campo Grande, Vila Capixaba, Jardim América e Porto de Santana, em Cariacica, serão contemplados com o reforço policial.



“Vamos entregar recursos operacionais recentemente adquiridos para uso específico na prevenção a assaltos, furtos e arrombamentos em localidades com maiores indicadores de crimes contra o patrimônio. Somente neste ano estão sendo investidos R$ 100 milhões para dar suporte às ações de nossas polícias e ao Corpo de Bombeiros Militar. Estamos no quarto ano consecutivo com redução de homicídios. Uma sequência inédita desde que se começou a série histórica de registros de homicídios no Espírito Santo. Este governo concebeu um programa de vanguarda no enfrentamento da criminalidade violenta, introduzindo uma lógica de monitoramento e avaliação permanente de indicadores e uma nova lógica de integração dos trabalhos das duas polícias. Aos poucos todo esforço de investimentos e da força de trabalho de nossas polícias vai apresentando seus resultados”, disse André Garcia.


O comandante da Polícia Militar, coronel Edmilson dos Santos, explica que o Patrulha da Comunidade irá desenvolver o policiamento ostensivo motorizado para prevenir crimes contra o patrimônio. Ao todo, 44 militares irão reforçar as ações de segurança nos quatro municípios da Grande Vitória. A orientação é que as viaturas circulem em uma velocidade de 30 km/h para garantir uma boa visualização da área patrulhada e identificar situações suspeitas.


“O Patrulha da Comunidade está agregado ao plano de segurança pública do Governo do Estado, o Estado Presente, mas com um diferencial que é prevenir os crimes contra o patrimônio. O serviço é baseado na filosofia do policiamento comunitário e tem o objetivo de reduzir e controlar os crimes contra o patrimônio, elevar a segurança da população em locais com grande aglomeração de pessoas e onde há concentração comercial. Dessa forma, vamos aumentar nossa ostensividade e estreitar também o nosso relacionamento com as comunidades”, explica Edmilson.


Os militares e os recursos operacionais destinados ao Patrulha da Comunidade farão o policiamento exclusivo para as áreas determinadas, sem que seja necessário se deslocar dos bairros para o atendimento de ocorrências registradas pelo Ciodes-190.


A implantação do Patrulha na Comunidade só foi possível devido ao aumento do efetivo policial com a realização de concursos públicos para soldado combatente da Polícia Militar.  Desde 2011, cerca de 800 militares foram incorporados e mais de 1.037 soldados iniciaram o curso de formação em junho deste ano. 
A previsão é que os servidores reforcem o policiamento nas ruas a partir do mês de dezembro durante a Operação verão.


Também está em andamento o concurso público com a oferta de 2.100 vagas para soldado combatente da Polícia Militar. Com as contratações, a corporação irá atingir o efetivo de 10 mil policiais para completar seu quadro organizacional até o final de 2014, investimento que irá aumentar a ostensividade nas ruas e melhorar a sensação de segurança da população capixaba.


Investimentos em Infraestrutura da Segurança Pública


Durante a solenidade desta segunda-feira, o governador do Estado também autorizou o início das obras de construção de mais duas Unidades Integradas de Polícia (UIP). Em Terra Vermelha, Vila Velha, e Feu Rosa, Serra, serão construídas UIP’s, tipo IV, no valor de aproximadamente R$ 700 mil cada. Além disso, o governador autorizou ao Instituto de Obras Públicas do Espírito Santo (Iopes) o início dos procedimentos para realizar a licitação das UIP’s de Nova Rosa da Penha, em Cariacica e de Jardim Camburi, em Vitória.


“As Unidades Integradas de Polícias (UIP´s) que estão sendo implantadas no Espírito Santo possuem um novo modelo de atendimento das Polícias Civil e Militar e têm a característica de serem espaços mais humanizados no acolhimento à população. Os edifícios contam com sala de atendimento à população, sala de videomonitoramento, sala administrativa para PC e PM; vestiários masculino e feminino; recepção para preso com banheiro, cozinha, depósito e estacionamento. As unidades foram projetadas dentro dos padrões de acessibilidade, para facilitar o acesso de pessoas com deficiência”, explica o diretor geral do Iopes, Luiz Cesar Maretto.


Ainda durante a solenidade, o governador também autorizou o início das obras de reforma da nova sede do Batalhão da Ronda Ostensiva Tática Motorizada (Rotam), em Cariacica, investimento de mais de R$ 900 mil e o início das obras de reforma de rede elétrica e rede lógica da sede da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp), no valor de R$ 3,2 milhões.

Modelo padrão da unidade: UIP tipo IV (Polícia Militar + Polícia Civil);

Detalhamento:
- 1 sala de atendimento à população
- 1 sala de vídeo monitoramento
- 1 sala administrativa PC e PM
- Vestiários masculino e feminino
- 1 sala de descanso
- 1 recepção de preso com banheiro
- Cozinha
- Depósito de material de limpeza
- Estacionamento para servidores e público




Fonte: Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social.



Nota do Blogueiro: O lançamento da Patrulha da Comunidade, que este blog já havia informado em primeira mão, é mais  uma importante iniciativa do governo do Estado em melhorar e aumentar o combate à violência na Grande Vitória. Por meio do Estado Presente, o governo promove investimentos inéditos; une, em um mesmo ambiente, Polícias Civil e Militar; e dá uniformidade à segurança pública estadual, algo raramente visto em épocas passadas.
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger