Comandante geral da PM lembra aos 1.029 novos soldados que eles são preparados para salvar vidas e proteger a população: “Soldados, honrem a Instituição Policial Militar”



Pelo menos 1.029 novos soldados foram entregues à população capixaba, em formatura ocorrida na noite de quarta-feira (19/12), no Ginásio do Álvares Cabral, em Vitória. Foram cinco meses de curso de formação. A cerimônia foi prestigiada por diversas autoridades civis e militares, entre elas o governador Renato Casagrande, o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, André de Albuquerque Garcia, e o comandante geral da Polícia Militar, coronel Edmilson dos Santos. O coronel fez um discurso emocionado, em que lembrou aos novos policiais que eles são preparados e formados para salvar vidas e proteger a população.

Os novos soldados tiveram 885 horas aulas e 36 disciplinas, entre elas técnicas de mobilização, gerenciamento de crises, direito penal, direitos humanos, ética e cidadania, entre outras. O corpo docente foi composto por 384 professores, entre militares e cidadãos civis, envolvidos no processo de formação dos novos soldados, que receberam instruções no Centro de Formação e Aperfeiçoamento (CFA), em Cariacica; no 2º Batalhão, em Nova Venécia; no 3º Batalhão, em Alegre; e no 5º Batalhão, em Aracruz.

Reunidos no Ginásio do Álvares Cabral, os novos soldados e o público presente, entre eles familiares e amigos dos formandos, se emocionaram a cada momento da solenidade. Destaca-se que durante a fala do paraninfo da turma, o coronel da reserva Dejanir Braz Pereira da Silva, foi lembrado o primeiro dia dos alunos soldados no CFA, quando eles foram recepcionados pelo coronel Dejanir, enquanto diretor de Ensino, Instrução e Pesquisa (DEIP), e os proferiu as seguintes palavras: “Lutem, vençam e nunca esmoreçam”. Na oportunidade da formatura as palavras foram lembradas e solicitadas aos novos soldados que as repetissem, sendo aplaudidos por todos os presentes.

Outro momento que tirou aplausos do público foi no início da fala do comandante Edmilson dos Santos, quando ressaltou todo empenho e dedicação dos novos soldados, diante da árdua missão da formação e assim os apresentou: “Senhores e senhoras, eis os novos soldados da Polícia Militar do Estado do Espírito Santo!”.

Os novos soldados foram convidados a refletir sobre toda a trajetória de sua formação. O paraninfo, coronel Dejanir Silva, destacou que quando os alunos-soldados chegaram, eram nítidos em suas faces o semblante da preocupação e incertezas, mas que foram superadas com garra.

Foram homenageados durante a solenidade os primeiros colocados do Curso de Formação de Soldados (CFSd-2013), sendo eles os soldados Emílio Antônio Montarrôyos, João Paulo dos Santos e Polyana Dussoni Passinato, por terem alcançados o primeiro, segundo e terceiro lugares respectivamente.

O patrono do CFSd-2013, o coronel Edmilson dos Santos, também foi homenageado por ser um profissional considerado como exemplo de competência e padrão referencial para os futuros profissionais da Polícia Militar. A soldada Naiara Bertazo fez a entrega de uma placa em homenagem ao patrono.

Quem também recebeu uma placa de honra foi o paraninfo da turma, o coronel Silva, que destacou ter ficado surpreso e honrado por ter recebido o convite da turma do CFSd-2013.

A turma também ofereceu uma simples homenagem ao Governado do Estado Renato Casagrande, que na oportunidade desejou que os novos soldados sejam amigos e estejam próximos da comunidade, representando assim a mais antiga instituição do Estado.

Curso de Formação

Durante o curso de formação, iniciado no mês de junho de 2013, os alunos soldados da PMES receberam conhecimentos específicos sobre segurança pública. Entre as disciplinas aplicadas, estão: polícia comunitária interativa, legislação, gerenciamento de crise, direitos humanos na atividade policial, técnicas policiais, armamento, defesa pessoal, tiro policial, entre outras. O treinamento é encerrado com a atividade prática de policiamento a pé.

Em seu discurso, o coronel Edmilson dos Santos lembrou que, “Quando cruzaram o portão das armas das Unidades de formação, há aproximadamente cinco meses, a maioria dos senhores e senhoras, com certeza, não tinha noção alguma, ou pouca, do que estava por vir. Nem imaginavam o caminho que teriam que percorrer para chegar ao final do curso.”

Mais adiante, afirmou que “nos primeiros dias passaram por um período de adaptação, no qual tiveram que, de forma muito célere, se ambientar com um novo linguajar, às rotinas a serem cumpridas, conviver com pessoas que não conheciam, horas e mais horas de instrução, dormir tarde, acordar bem cedo, enfim foi muito difícil.”

O comandante ressaltou, porém, que os novos soldados vão lembrar que superaram todos os obstáculos: “Neste momento tão especial, ao olharem para trás, lembrar-se-ão do tempo vivido intensamente nas Unidades de formação e lhes digo que a palavra que virá às suas mentes e que melhor expressará os seus sentimentos será superação.”

E acrescentou: “Eu não tenho duvidas que estou diante de policiais militares  detentores de uma rígida formação moral e técnica, preparados para superar os obstáculos que sobrevierem em seus caminhos, nas diversas modalidades de policiamento que executarão. Para que a luz ilumine, ela tem que ser colocada no alto para que todos vejam. Assim é o trabalho do policial militar. Quando a escuridão da violência avança, não se reclama da escuridão, mas sim da luz que não acendeu.”

O comandante geral da PM, coronel Edmilson dos Santos, reconhece que o policial é um dos profissionais mais cobrados do mundo: “Não há profissão no mundo mais fiscalizada por tudo e por todos. Todos opinam, com ou sem conhecimentos de causa, pelo que fazemos ou pelo que deixamos de fazer.
Não invejem aqueles pecadores de sorrisos de porcelana que enriquecem com o suor dos mais humildes, que transgridem diuturnamente e são protegidos por leis ainda imperfeitas”.

E pediu: “Soldados, honrem a Instituição Policial Militar. Lembrem-se que não há profissão alguma no mundo que se jura pela própria vida a não ser a de vocês! Honrem seus pais, familiares, amigos e o País a que pertencem.”

Ele ainda falou aos pais dos novos soldados: “Quero dirigir algumas palavras aos queridos pais dos novos Soldados, a quem parabenizo pela vitória de seus amados filhos. Como pai que sou, sei o quanto nos toma de emoção cada conquista de nossos filhos. Os valores de caráter e honradez que a cada um dos soldados lhes foram transmitidos por seus familiares, certamente serão ampliados no enfretamento das missões que lhes serão confiadas. Cumprirão, por certo, o 7º mandamento ditado por Deus à Moisés: “Honra teu pai e tua mãe, para que teus dias se prolonguem sobre a terra que te dá o senhor teu Deus”.

O comandante Edmilson disse mais: “Lembrem-se que o coração de uma esposa e de uma mão de Policial Militar só está em paz quando seu marido ou filho está no seu lar. Arrefeça sofrimentos desses corações sendo um policial militar exemplar.” E pediu à população para entender que o policial também é um ser humano e sujeito a erros:

“Sociedade capixaba: entenda que o Policial Militar não é, e nunca será perfeito. Ele não é um ser infalível. É um ser humano que tem família, amores, paixões, sonhos, sente tristezas, que fica doente, que chora, que também estressa, enfim, o policial militar é oriundo da nossa sociedade.

Quero cumprimentar e parabenizar a todos os professores e oficiais e praças das Unidades envolvidas nessa formação, pela dedicação e perseverança que tiveram, com o proposito único de bem formar os novos soldados, sendo para eles exemplo de liderança e caráter.”

O coronel ressaltou ainda aos novos policiais que eles são formados para proteger a vida dos cidadãos: “Lembrem-se, sempre, dos ensinamentos que lhes foram transmitidos no curso de formação, os quais são fortemente compromissados com a defesa da vida, integridade física e dignidade da pessoa humana. Saibam que a partir de agora assumem uma grande responsabilidade, pois soldado em muitas situações será a única autoridade pública visível para assistir as pessoas em situações de vulnerabilidade. “

Agradeço aos pais, familiares de nossos formandos, a todos presentes e aqueles que, direta ou indiretamente,  contribuíram para que este momento se efetivasse.

O comandante geral da Polícia Militar agradeceu ainda o apoio recebido do governador Renato Casagrande: “Agradeço ao Governo do Estado pelo apoio incondicional que tem dado à PMES nesses últimos três anos. Nunca se fez tanto em tão pouco tempo por nossa Instituição. Isso mostra a importância da Polícia Militar no contexto da Segurança Pública. E os números dizem isso. Foram mais de 140 milhões de reais em investimentos, seja na aquisição de viaturas, equipamentos, novas tecnologias, capacitação e recompletamento de nossos quadro.”

Por fim, o coronel Edmilson dos Santos decretou aos novos soldados: “Sejam fortes, homens e mulheres fortes, destemidos, valorosos e atendam à sociedade capixaba como gostariam de ser atendidos. Aproveito a oportunidade para desejar a todos um feliz Natal e que o próximo ano seja repleto de prosperidade, saúde e paz. Caros soldados: Sigam sempre na retidão, cada um no seu caminho! Parabéns, sucesso e sejam felizes na nossa família policial militar! Deus vos abençoe, hoje e sempre! Muito obrigado!”



 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger