Sargento diz no facebook que professores são "uns merdas"e deixa comandante geral da PM indignado: Corregedoria abre Procedimento Administrativo contra policiais que usam redes sociais para atacar a honra de pessoas e instituições

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Edmilson dos Santos, ficou indignado com postagem feita no facebook pelo sargento Eduardo Damascena Filho, do 4º Batalhão da PM (Vila Velha). O sargento disse que os "professores são uns merdas". Em nota enviada ao Blog do Elimar Côrtes nesta quarta-feira (11/12), o coronel Edmilson dos Santos garantiu que a Corregedoria Geral da Polícia Militar já instaurou  diversos Procedimentos Disciplinares contra militares – não importa a patente – que usam as redes sociais para atacar a honra de pessoas e ou instituições:


"O Comando Geral, através da Corregedoria, já abriu vários Procedimentos Administrativos em desfavor de policiais militares que insistem em usar as redes sociais para ofender as pessoas e instituições", diz a nota.

"Somos um instituição quase bicentenária, alicerçada na hierarquia e disciplina. Estamos sob a égide, além do Regime Disciplinar Militar Estadual, também do Código Penal Militar e Código de Processo Penal Militar", prossegue o comandante Edmilson dos Santos, que concluiu:

" Jamais permitirei desvio de conduta de Policial Militar nesse sentido, seja Oficial ou Praça. Serão instaurados tantos procedimentos quanto forem necessários".

Depois de ler reportagem publicada neste Blog a respeito do que o sargento Eduardo Damascena falou sobre os professores, o comandante geral da PMES, coronel Edmilson dos Santos, determinou instauração de Procedimento Disciplinar  contra o militar: "Defendo o direito à expressão, mas desde que não haja ofensa a pessoas e instituições", deixa bem claro o coronel Edmilson dos Santos.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger