Governador vai se reunir com Comissão de Segurança da Ales para discutir reivindicação dos delegados de Polícia

O governador Renato Casagrande (PSB) vai se reunir ainda esta semana com os deputados que integram a Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa (Ales) para discutir reivindicação dos delegados de Polícia Civil, que lutam por melhoria salarial. A informação foi dada nesta segunda-feira (24/02) pelo presidente da Comissão, deputado Gilsinho Lopes (PR), durante sessão do colegiado, no Plenário principal da Ales, que contou com a presença de pelo menos 130 delegados.

Os delegados realizaram nesta segunda-feira um dia de mobilização na Assembleia Legislativa. Desde as 9 horas já havia delegados no prédio. Às 9h30, o grupo se reuniu em um dos auditórios da Casa, para um ciclo de debates com a participação do presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado de São Paulo, George Melão, e do presidente do Sindicato dos Delegados de Minas Gerais, Marco Antônio de Paula Assis.

Minutos antes da reunião das 9h30, o deputado Gilsinho Lopes, que já estava dentro do auditório junto com os demais delegados, recebeu uma ligação, em seu celular, do secretário-chefe da Casa Civil, Tyago Hoffmann, que o convidou para comparecer ao Palácio da Fonte Grande. O deputado atendeu o convite e retornou satisfeito para a Assembleia Legislativa, onde, às 11h30, presidiu a sessão da Comissão de Segurança:

 “O governador autorizou o secretário da Casa Civil me chamar para uma conversa, em que Tyago Hoffmann me garantiu que ainda esta semana Renato Casagrande vai se reunir com os membros da Comissão de Segurança. A reunião só não foi marcada para esta segunda-feira porque o governador encontra-se no Rio de Janeiro discutindo questões dos royalties do petróleo. Vocês, delegados, estão de parabéns pela mobilização ordeira e pacífica que vem realizando. Estamos juntos para resolver essa questão salarial”, disse Gilsinho Lopes.

O presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado do Espírito Santo (Sindelpo), Rodolfo Queiroz Laterza, foi um dos convidados para compor a mesa no Plenário da Assembleia Legislativa. Ele agradeceu o apoio que a categoria tem recebido dos deputados estaduais em sua luta por melhores salários:

“As palavras de incentivo dos senhores deputados conquistaram a alma de todos os delegados. Nós, delegados, queremos resolver a questão salarial, mas acima de tudo está nossa disposição de ajudar o Estado a melhorar as condições de segurança da população, mesmo que, para isso, tenhamos que dar nossa própria vida”, afirmou Rodolfo Laterza.

Após a sessão da Comissão de Segurança, os delegados permaneceram na Assembleia Legislativa. Às 14 horas, realizaram assembleia geral, em que resolveram marcar novo encontro para o dia 11 de março, a partir das 9h30, quando poderão decidir  por indicativo de greve caso até lá não tenham obtido resposta do governo.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger