Em primeira mão: Desembargador Pedro Valls Feu Rosa passa a trabalhar na Corregedoria Nacional de Justiça

Mais uma notícia de primeira. O ex-presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo, desembargador Pedro Valls Feu Rosa, começa a trabalhar na próxima segunda-feira (24/02) na Corregedoria Nacional de Justiça, em Brasília. Ele, na verdade, já está convocada para atuar na Corregedoria, que é vinculada ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a partir desta quarta-feira (19/02), como magistrado auxiliar do corregedor Nacional de Justiça, ministro Francisco Falcão.

A informação foi confirmada pelo próprio desembargador Feu Rosa ao Blog do Elimar Côrtes. Ele deixou a Presidência do Tribunal de Justiça no dia 20 de dezembro de 2013, depois de dirigir a Corte por dois anos – em seu lugar assumiu o desembargador Sérgio Bizzotto Pessoa de Mendonça. Pedro Valls Feu Rosa promoveu uma revolução no Judiciário capixaba. Talvez, a mais importante das mudanças, foi a de abrir a porta do Judiciário para a população e a sociedade civil em geral.

O desembargador Pedro Valls foi requisitado pelo ministro Francisco Falcão. A portaria que requisita o magistrado capixaba foi publicada no Diário de Justiça Eletrônico do CNJ desta quarta-feira.

A presença de um magistrado capixaba na Corregedoria Nacional de Justiça é motivo de orgulho para toda a magistratura e sociedade do Espírito Santo. O  desembargador Pedro Valls Feu, 48 anos, é um dos profissionais que sabem fazer a diferença na magistratura. Sua gestão na Presidência do Tribunal de Justiça foi marcada por adoção de diversos programas que possibilitaram aproximar a sociedade do Judiciário.

No dia 12 de dezembro do ano passado, o desembargador Pedro Valls Feu Rosa lançou sua mais recente obra literária. Trata-se do livro “Crônicas de um Mundo Louco”. A obra, que reúne 150 artigos de autoria do desembargador e publicados na imprensa capixaba, tem a renda destinada à Associação Feminina de Educação e Combate ao Câncer (Afecc).

Os textos propõem reflexões sobre assuntos que repercutem no seio da sociedade. Com propriedade peculiar, Feu Rosa mostra estatísticas que comprovam um mundo enfermo, infeliz, como se estivesse andando em círculos e que culminam com um povo egoísta, covarde, diante de tamanho sofrimento que parecem acontecer de forma organizada.
O magistrado também é autor de várias publicações acadêmicas sobre Direito Comunitário, Civil e Processo Civil.

Currículo

Desembargador Pedro Valls Feu Rosa
Nascimento: 09 de janeiro de 1966
Filiação: Antônio José Miguel Feu Rosa e Valéria Valls Feu Rosa

Formação Profissional:
Formado em Direito pela Universidade Federal do Espírito Santo.

Vida Funcional como Desembargador:
Desembargador do Tribunal de Justiça do Espírito Santo  desde 1994.
É presidente da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça.
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral - TRE / ES - biênio 2010 / 2011.
Vice-Presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, biênio 2000/2001.
Membro da Comissão Nacional de Informatização do Excelso Supremo Tribunal Federal (Comissão Infojus).
Presidente da Comissão de Construção da nova sede do Tribunal de Justiça do Espírito Santo.

Vida Funcional:
Juiz de Direito, com exercício nas comarcas de Muqui, Barra de São Francisco, Cariacica, Vila Velha e Vitória.

Juiz Instalador do Primeiro "Juizado de Pequenas Causas" do Espírito Santo.

Membro fundador da Escola de Direito Comunitário do Mercosul.

Formação em Direito Comunitário pela Escola Nacional de Magistratura da França.

Idealizador dos projetos "Justiça Volante" e "Justiça sobre Rodas".

Programador de computadores, autor de diversos "softwares" dedicados à área jurídica, cedidos gratuitamente a diversos Tribunais do Brasil.

Palestrante convidado sobre o tema "The Eletronic Judge", uma família de "softwares" de sua autoria, na "Marschall University" e "West Virginia University", nos EUA.

Palestrante convidado na Universidade de Birmingham, no Reino Unido, sobre o tema "Judiciário e Inteligência Artificial".

Palestrante convidado na La Trobe University, na Austrália, sobre o tema "The Eletronic Judge".

Magistério:
Professor da Escola de Magistratura do Estado do Espírito Santo.

Obras Editadas
Autor de livros sobre Direito Comunitário, Civil e Processo Civil e “Crônicas de um Mundo Louco”.


 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger