Secretários de Justiça e de Ações Estratégicas do Espírito Santo farão palestra no VI Congresso Nacional dos Delegados de Polícia Federal

Os secretários de Estado da Justiça, Eugênio Coutinho Ricas, e o Extraordinária de Ações Estratégicas, Álvaro Rogério Duboc Farjado, são duas das autoridades que farão palestra no VI Congresso Nacional dos Delegados de Polícia Federal (VI CNDPF), que começa quarta-feira (02/04), na Universidade de Vila Velha. Eugênio Ricas e Álvaro Duboc Farjado são delegados de Polícia Federal e encontram-se à disposição do governo do Estado para atuarem como secretário.

A palestra dos dois secretários acontecerá  no terceiro dia do Congresso, sexta-feira (04/04). Filho da delegada de Polícia Civil aposentada Zoraydes Duboc, Álvaro Duboc Farjado abordará o tema “Criminalidade e Violência Urbana: o Grande Desafio da Sociedade Contemporânea”. Sua fala está prevista para começar às 10 horas e se encerrar às 10h55. Já o secretário de Estado da Justiça, Eugênio Ricas, iniciará sua palestra às 11h45, com o tema  “Sistema Prisional e sua Interface com a Segurança Pública”.

Um dos maiores eventos da área de segurança pública – notadamente, no combate aos crimes de corrupção – já realizados no Espírito Santo, o VI Congresso Nacional dos Delegados de Polícia Federal vai contar com palestras de importantes juristas do cenário brasileiro. Dentre eles, o vice-presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowiski, e o também ministro Herman de Vasconcellos  Benjamin, do Superior Tribunal de Justiça, especialista em legislação ambiental. O tema da palestra do ministro Benjamin é justamente “O Meio Ambiente e a Polícia Federal”.

O VI Congresso Nacional dos Delegados de Polícia Federal, que vai até o próximo sábado (05/04), terá como tema central “Os Desafios da Polícia Federal no Enfrentamento ao Crime Organizado” e deverá reunir cerca de 250 delegados federais de todo Brasil, além de outros operadores do Direito, como advogados, ministros de Tribunais, juízes, juristas, promotores de Justiça, além de parlamentares e representantes da sociedade civil organizada.

De acordo com o site da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal, ao longo dos três dias serão debatidos temas como: improbidade administrativa; delação premiada; a Lei Anticorrupção Empresarial; combate à lavagem de dinheiro e a crimes contra o comércio exterior; questões ambientais e o controle sanitário em portos; a estrutura e estratégia da Polícia Federal no enfrentamento ao crime organizado e a situação atual do sistema penitenciário federal, entre outros.

A abertura do VI CNDPF será no 2, às 19h, na Universidade de Vila Velha. As conclusões obtidas durante o congresso servirão de conteúdo para elaboração de um documento, contendo propostas, que será encaminhado a diversas autoridades, entre as quais, Presidente da República, Presidentes da Câmara e do Senado, Presidente do Supremo Tribunal Federal, Ministro da Justiça, Diretor Geral da Polícia Federal, bem como aos futuros candidatos à Presidência da República nas eleições deste ano.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger