Mensagem do comandante geral da Polícia Militar ao Dia do Soldado: “Todos nós somos soldados; lutamos por um ideal, que é a proteção da sociedade”

Em comemoração ao Dia do Soldado, lembrado todo dia 25 de agosto, a Polícia Militar do Estado do Espírito Santo presta uma homenagem aos seus combatentes, em evento realizado na manhã desta segunda-feira no Cerimonial Aspomires, localizado no bairro Bento Ferreira, em Vitória.

O Dia do Soldado é comemorado no dia 25 de agosto por ter sido a data de nascimento do patrono do Exército, marechal Luís Eduardo de Lima e Silva, o “Duque de Caxias”. Essa homenagem foi concretizada pelo governo brasileiro em 25 de agosto de 1923 por reconhecer a dedicação do militar na veemente luta em prol do povo brasileiro desde seus primeiros passos na vida militar.

Na manhã desta segunda-feira (25/08), foi lida a mensagem do comandante geral da PMES, coronel Edmilson dos Santos. Após uma série de homenagens a policiais militares da ativa e da reserva – uma das mais emocionantes foi a homenagem a quatro oficiais que lutaram em favor do Espírito Santo na Guerra do Contestado, no início dos anos 60, quando o Estado de Minas Gerais tentou tomar terras do Espírito Santo –, o comandante Edmilson falou aos presentes.

De improviso, o coronel Edmilson pediu a cada militar que olhasse para o colega ao lado e reconhecesse a sua importância para a Polícia Militar com aplausos. Em seguida, lembrou o patrono do Exército, Duque de Caxias, “que, assim como nós, lutou pela paz no Brasil”. Posteriormente, o comandante geral da PM lembrou que todos os militares, independente da parente, também são soldados:

“Todos nós somos soldados; lutamos por um ideal, que é a proteção da sociedade, mesmo que, muitas vezes, não somos reconhecidos pela sociedade. Nós, soldados, somos referência para a população. Somos dedicados a prestar segurança e encaminhar pessoas que necessitam de nosso apoio. Nossa missão é muito mais, portanto, do que prender bandidos; é proteger a sociedade, mesmo que ela (sociedade), às vezes, não compreenda nosso trabalho”, pontuou o comandante Edmilson.

Ele fez questão de ressaltar, mais uma vez, a importância dos soldados e soldadas para a corporação: “Vocês, homens e mulheres que servem à Polícia Militar do Estado do Espírito Santo, são nossos heróis e heroínas. Mesmo na hora da dificuldade, vocês estão prontos para servir a sociedade; estão prontos em sair em socorro do cidadão. Quero agradecer por ser hoje comandante do berço de heróis capixabas”, finalizou o coronel Edmilson dos Santos.

Presente à solenidade, o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, André Garcia, parabenizou a todos os militares e elogiou a iniciativa do Comando Geral da PM em homenagear os militares mais antigos, os que já estão na reserva:

“Estou testemunhando algo diferente e bonito, algo que só vemos no meio militar, que é o reconhecimento do Comando Geral da instituição aos profissionais que passaram pela corporação. A homenagem do Estado às pessoas que trabalharam em prol da sociedade capixaba”, disse André Garcia, que representou o governador Renato Casagrande, que não pôde de comparecer ao evento por estar  cumprindo agenda administrativa.  

O secretário André Garcia lembrou as manifestações ocorridas em meados do ano passado, quando a Polícia Militar do Espírito Santo enfrentou ações de vândalos com “profissionalismo” e ”respeito à ordem e às leis”. Garcia elogiou a corporação:

“Os pervertidos ideológicos não entendem que há muito tempo a Polícia Militar trabalha em defesa da sociedade. O trabalho em prol da sociedade passa pelas ações de prevenções à criminalidade. Numa democracia deve existir ordem e respeito às leis. Em 2013, o papel desempenhado pela Polícia Militar capixaba serviu de exemplo positivo para outras policiais, quando também enfrentaram distúrbios civis nas ruas. O trabalho da nossa PM foi reconhecido por demais gestores de segurança pública. Deixo aqui, portanto, os cumprimentos do governador Renato Casagrande ao reconhecimento da história e da importância da Polícia Militar para a sociedade do Espírito Santo.

Antes, o secretário André Garcia também reverenciou os militares que defenderam o Espírito Santo no episódio do Contestado. Foram homenageados pelo Alto Comando da PMES os coronéis José Macedo Andrade, Silva de Oliveira e Orely Lyrio, o capitão José Batista Pereira de Freitas e o tenente Olinto Loiola.  

“Meus comandados, hoje é o nosso dia!

Um dia de extrema importância para todas as instituições militares. Contudo, que especificamente parabenizar todos nós, Soldados de Ortiz, que diuturnamente saímos às ruas para servir a uma sociedade cada vez mais oprimida pela violência, pelo medo e pelo sentimento de injustiça.

Estamos vivendo a cultura do medo. A insegurança gerada por fatores como o consumismo, o egoísmo, o prazer a qualquer custo, ocasionado pela dissolução dos valores que norteavam nossas vidas
como a Família, a Educação, a Religião e pela formação de novos valores, muitos destes distorcendo valores tradicionais, têm nos feito reféns de nós mesmos.

Nossa função, como sentinelas do Estado Democrático de Direito e da liberdade, direitos humanos e garantias fundamentais do homem, vai muito além do combate direto ao crime. O soldado antes preparado para a guerra e para a manutenção da paz vem desempenhando um importante papel na contenção de todo o tipo de violência, na mediação do conflito. Neste contexto, quero exaltar aqui os diversos projetos e programas desenvolvidos por mentes que almejam a promoção social, enxergando que somente assim poderemos caminhar rumo a uma sociedade que luta pela valorização dos direitos e da justiça social.

Todos nós temos uma enorme responsabilidade para um melhor convívio social, inclusive de
nossas próprias famílias, do soldado mais moderno ao Comandante Geral.

Por falar em família, congratulo aqui os parentes e familiares de todos os militares estaduais por
serem a base, o sustento, o apoio de cada um de nós, elevando nossa estima e sendo o suporte
emocional toda vez que retornamos para casa após nossa árdua missão diária.

Estendo também esta justa homenagem aos militares estaduais que foram para a reserva
remunerada e que estarão indo para a reserva neste ano. São companheiros de longa jornada, que
passaram mais de 30 anos defendendo nossa sociedade das mais diferentes mazelas e, nem sempre reconhecidos, nunca se deixaram abater, lutando com o mesmo vigor e senso de justiça durante suas trajetórias.

Parabéns por todos os dias enfrentarmos esses conflitos com honra e esmero profissional.

Conseguimos ao longo desses 179 anos transpor com disciplina, organização, solidariedade e
perseverança as barreiras que a todo o momento nos afrontam. Caminhamos por um caminho certo,
mesmo que as batalhas sejam árduas. Combatemos o bom combate, ainda que não tenhamos terminado
nossas carreiras, mas preservamos a fé, principalmente em um futuro melhor, promissor e justo para nossa nação.

Deus nos abençoe!”

Foto: Assessoria de Imprensa da PMES.
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger