Polícia Federal realiza operação de combate à pornografia infantil no Espírito Santo e em mais 13 Estados

A Polícia Federal realiza nesta terça-feira (19/08) uma operação contra  a pornografia infantil divulgada na internet. Coordenada pela Superintendência Regional da Polícia Federal do Pará, localizada na capital Belém, a ação ocorre em  14 Estados, além do Distrito Federal. Até as 10h50, segundo a delegada Patrícia Bicalho, 11 pessoas foram presas. Um dos suspeitos foi preso em São Mateus, Norte do Espírito Santo.

De acordo com PF, 230 agentes federais deverão cumprir 42 mandados de busca e apreensão de computadores nos estados do Pará, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo, além do Distrito Federal.

As prisões foram realizadas em seis estados, sendo uma na Bahia, uma no Espírito Santo, duas em Minas Gerais, duas no Paraná, uma no Rio Grande do Sul e quatro em São Paulo.

Os suspeitos foram encontrados com material pornográfico de crianças e adolescentes. "Ainda não temos a comprovação de que eles produzam este material, então serão indiciados pelos crimes de armazenamento e troca de pornografia infantil, previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente", disse a delegada. Caso sejam condenados pelos dois crimes as penas podem variar de 4 a 10 anos de prisão.

Ainda de acordo com a delegada Bicalho, a investigação começou em 2013, após o trabalho de monitoramento da polícia em detectar compartilhamento das imagens pornográficas em redes sociais. "Eles todos utilizaram a mesma rede social para trocar arquivos. A operação começou no Pará, fizemos um trabalho sistemático de monitoramento", disse Patrícia Bicalho, que não divulgou a rede social utilizada pelos pedófilos para não prejudicar as investigações.

Os policiais irão investigar nos endereços se houve acesso de usuários a programas de compartilhamento de fotos e vídeos de nudez de crianças e adolescentes e até de cenas de abuso sexual na internet.

Na capital paraense, 12 agentes federais foram deslocados para endereços no bairro do Umarizal, em Belém, e em Marituba, na região metropolitana de Belém. De acordo com a Polícia Federal, uma empresa de consultoria em educação que presta serviços na elaboração de projetos na área para prefeituras do Pará e auxilia profissionais no segmento está tendo os computadores investigados na manhã desta terça.

"Com informações iniciais do que rastreamos em uma das máquinas e com os esclarecimentos de duas professoras que são responsáveis pela empresa, já conseguimos identificar que um professor teria acessado o site com conteúdo impróprio aqui nestes computadores", informou a assessoria da Polícia Federal.

No Espírito Santo, homem de 22 anos foi preso em São Mateus, na região Norte do Estado. O jovem foi detido em casa com um computador e um pen drive contendo imagens de cenas de sexo explícito com crianças e fotos eróticas de menores de idade. Segundo o delegado da Polícia Federal, Renato Zaché, o homem não mostrou resistência durante a prisão e colaborou com os policiais indicando onde o material ilegal estava guardado.

(Com informações do G1)
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger