Confirmada informação do Blog do Elimar Côrtes: Exército vai ajudar estados do Sudeste em operações contra tráfico de drogas e armas

O Governo Federal promoveu na quarta-feira (07/01), no Ministério da Justiça, em Brasília, uma reunião com os quatro governadores e secretários de Segurança Pública dos estados da região Sudeste. Conforme o Blog do Elimar Côrtes antecipou no dia deste mês, a ideia é colocar tropas do Exército para ajudar as polícias estaduais (Civil e Militar) e Federal e Rodoviária Federal nas divisas dos quatro estados, com o objetivo de combater o tráfico de armas e drogas. A ação vai acontecer nas estradas federais e estaduais da região.

O que este blog publicou há quase uma semana é manchete de capa nesta quinta-feira (08/01) em A Gazeta. Já A Tribuna ignorou o assunto e preferiu informar que o governador Paulo Hartung quer uma força tarefa no combate ao crime no Espírito Santo – o que parece ser mais um discurso político.

Segundo o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, a proposta do Governo Federal é definir um planejamento operacional e uma atuação integrada entre as forças federais e estaduais de Segurança Pública no combate ao crime organizado.

De acordo com o site do Ministério da Justiça, a articulação com os representantes do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo é baseada nas ações já executadas em quatro edições da Operação Brasil Integrado.

Na última edição da Brasil Integrado, em 5 de dezembro, todos os estados do Brasil atuaram em conjunto, com estratégias compartilhadas entre os estados participantes e baseadas em informações de inteligência.

“A ideia com o encontro é definir uma ação concreta para o combate ao crime nos estados onde está a maior parte da população do Brasil. Sem esta ação integrada e sem um planejamento comum e uma gestão coordenada não conseguiremos enfrentar o crime organizado de forma eficiente”, explicou o ministro Cardozo.

Todos os secretários de Segurança Pública estarão reunidos nos próximos dias com os comandantes da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, delegados-chefes da Polícia Civil e demais gestores da Segurança Pública para, em uma semana, apresentar um modelo para composição do grupo operacional para definir as ações integradas nos estados. A determinação do Governo Federal é também de total articulação das forças federais e Exército.

Também ficou definida a realização de uma operação policial piloto com os quatro estados, com foco no combate ao crime organizado, tráfico de drogas e armas e crimes contra o patrimônio. O Ministério da Justiça também recebeu uma série de sugestões para a composição da Proposta de Emenda Constitucional (PEC), a fim de mudar o texto da Constituição que trata da Segurança Pública e dar maior autonomia para a União auxiliar os estados.

O encontro no Ministério da Justiça foi acompanhado pelos governadores Geraldo Alckmin (São Paulo), Fernando Pimentel (Minas Gerais), Luiz Fernando Pezão (Rio de Janeiro), Paulo Hartung (Espírito Santo) e representantes da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos (Sesge), PRF, PF e Exército.

"O encontro teve como objetivo definir eixos estratégicos para uma atuação conjunta entre Estados, Municípios e União. Alcançamos um avanço histórico, pois teremos agendas contínuas itinerantes para aprofundar o debate e articular ações conjuntas entre as polícias", explicou o secretário André Garcia, de acordo com o site do governo do Estado.

(Com informações da Assessoria de Imprensa do Ministério da Justiça). 

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger