Novo comandante geral da PM prestigia ‘Destaques Operacionais’ do BME e garante: “Meu comando vai valorizar os policiais que têm amor à farda e se dedicam para atender bem a sociedade capixaba”

Ao prestigiar e participar da solenidade de entrega da premiação aos Destaques Operacionais do terceiro e quarto trimestres do ano passado do Batalhão de Missões Especiais (BME), o novo comandante geral da Polícia Militar do Espírito Santo, coronel Marcos Antônio Souza do Nascimento, garantiu que seu comando vai valorizar os policiais que têm amor à farda e à corporação e se dedicam para atender bem a sociedade capixaba. A solenidade do BME aconteceu na manhã desta sexta-feira (06/02) no Auditório Espaço Vitória da Faculdade de Direito de Vitoria, no bairro Itararé, em Vitoria.

Em seu rápido discurso, o coronel Marcos Antônio foi bastante objetivo. Inicialmente, ele cumprimentou e parabenizou o sargento Valter, lotado no BME, que, após 30 anos de trabalho na PM, está indo para a reserva remunerada: “Gostaria de ressaltar e agradecer o sargento Valter por seus 30 anos de serviço prestado à sociedade do Espírito Santo vestindo a farda da Polícia Militar. Trabalhou todo esse tempo com dignidade e dedicação. Ele e sua família estão de parabéns”.

Mais adiante, o comandante parabenizou aos ganhadores dos prêmios de Destaque Operacional. Ressaltou, porém, que “todos os militares estão de parabéns, mesmo aqueles que não receberam o prêmio, que tem critérios estabelecidos em lei para ser dado”.

O coronel Marcos Antônio destacou: “Quero agradecer a todos os policiais que estão neste momento nas ruas protegendo a sociedade. Infelizmente, existe um pequeno número de pessoas dentro da Polícia Militar que têm atividade e comportamento contrários à maioria dos bons militares. Meu comando vai apoiar o policial que tem amor à farda e à corporação, que trabalha com dedicação. Saberei valorizar o bom policial, o ético e que tem amor à corporação”, pontuou o comandante Marcos Antônio.

O coronel ressaltou que durante toda sua carreira de oficial procurou valorizar os policiais que são “dedicados com a causa da Polícia Militar e que servem bem à sociedade capixaba”. Garantiu que sempre que possível vai participar de eventos em que policiais são homenageados por prestarem “relevantes serviços para a população”.

O comandante Marcos Antônio ainda pediu compreensão da tropa pelo momento de “ajustes no orçamento” que a Polícia Militar e demais órgãos do governo do Estado estão passando. “Esses ajustes são necessários”, afirmou o comandante geral da PM.

O recado do comandante geral da PM, coronel Marcos Antônio, para a tropa veio num momento importante e delicado. Acontece um dia depois em que um soldado da corporação – Itamar Rocha Lourenço Júnior – foi preso pela acusação de matar covardemente a namorada, a universitária Ana Cláudia Cabral, na Serra. O soldado simulou ter sido assaltado, junto com a namorada, e chegou a registrar um Boletim de Ocorrência.

Itamar Lourenço é filho de um capitão da reserva e irmão de uma policial militar. Ele, porém, já havia demonstrado comportamento equivocado como militar: em 2012, ele foi  punido com 17 dias de detenção por ter sido preso dirigindo um carro clonado.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger