Capixaba Marcos Do Val completa 15 anos como instrutor da SWAT e vai aos EUA em abril para dar mais um curso a policiais americanos

Aos 43 anos de idade, o capixaba Marcos Do Val já fez história. Mesmo sendo um “intruso” no meio, ele é hoje um dos mais renomados instrutores de cursos para as Polícias Civil, Militar e Federal, além de Guardas Municipais, pelo Brasil afora. Conquistou o mundo: há 15 anos, Marcos Do Val, que é fundador e instrutor-chefe do CATI (Centro Avançado em Técnicas de Imobilização), dá curso também para unidades das SWATs em cidades dos Estados Unidos. No dia 6 de abril, o capixaba, que já virou enredo de um livro, estará de novo em Dallas, para mais um curso de capacitação para policiais locais.

Empresa nascida no Espírito Santo, o CATI é a primeira e única organização privada em treinamento policial multinacional da atualidade, com filiais na Europa e EUA. Criador das inovadoras Técnicas de Imobilizações Táticas, hoje difundidas em várias unidades policiais ao redor do mundo, Marcos Do Val foi militar do Exército Brasileiro – ele serviu no 38º Batalhão de Infantaria (Vila Velha).

Ele mora nos Estados Unidos há mais de cinco anos, onde passou a se especializar em Resgate de Reféns junto às unidades das SWATs. Hoje, além de instrutor em imobilizações táticas, é instrutor de resgate de reféns, abordagens táticas, retirada de suspeitos em veículos e planejamento operacional, para as unidades da SWAT e dos grupos de operações especiais européias.

Marcos Do Val é mestre em Aikido, diplomado e credenciado pela International Aikido Federation, situada em Tóquio, no Japão. O capixaba ministra regularmente treinamentos para o grupo Anti-Terrorismo da equipe de Operações Especiais da NASA (Marshall Space Flight Center) nos EUA.

Ele ainda dá treinamentos e palestras para policiais europeus, sendo o primeiro e único estrangeiro a dar instruções dentro da Academia Nacional de Polícia de Roma. Na ocasião ministrou também treinamentos para a segurança do então Papa Bento XVI, no Vaticano.

Marcos Do Val é o único brasileiro na história da área da Segurança Pública a receber do governo dos Estados Unidos o famoso visto de trabalho "O1", designado apenas para pessoas que atingiram o topo na sua profissão, por ter sido reconhecido e condecorado internacionalmente e que tenham habilidades extraordinárias de interesse do governo federal americano. Este visto é concedido somente para um seleto grupo que auxilia o Serviço de Proteção dos EUA criado após os atentados terroristas de 11 de setembro.

Instrutor vira tema de livro

Com um currículo impressionante, Marcos Do Val virou tema de livro. A jornalista e escritora pernambucana Ana Lígia Lira escreveu “Um Brasileiro na SWAT”, lançado em 2013 e conta a história do capixaba que conquistou o mundo com suas técnicas em prol da segurança pública.

No livro, Ana Lígia Lira recorda parte da infância de Marcos Do Val. Relata os dois assaltos que ele sofreu em Vitória; como conseqüência, levou tiros e facadas. Relata o acidente que ele sofreu e que esmagou seu rosto. A obra, é claro, faz uma viagem aos principais cursos proferidos pelo capixaba Marcos Do Val mundo afora.

Além de continuar como instrutor-chefe do CATI, Marcos Do Val tem se dedicado a outros projetos. Hoje, o CATI é presidido pelo empresário Aldeci Carvalho.

Reputação é confirmada pela NASA

Tamanha reputação, fez  Michael Wilson, Chefe do Departamento do Serviços de Proteção da NASA, encaminhar uma carta, em 14 de setembro de 2006, ao Centro Espacial George C. Marshall da NASA ( Administração Nacional da Aeronáutica e do Espaço dos Estados Unidos), recomendando a contratação dos serviços de Marcos Do Val.

Abaixo a tradução da carta da NASA:
“Por favor, considere esta correspondência uma carta oficial da NASA para a recomendação do Sr. Marcos do Val. O Sr. Do Val tem fornecido contribuições inestimáveis ao Departamento de Proteção da NASA através dos seus ensinamentos das técnicas do CATI para o benefício e instrução de nossos agentes especiais de segurança.

O uso de tais técnicas inovadoras permitirá que os nossos oficiais imobilizem pessoas usando menos força, portanto diminuindo o risco de danos físicos para o suspeito que está sendo preso como também para os nossos oficiais. As táticas e técnicas inovadoras do Sr. Do Val são das mais modernas e difíceis de serem encontradas; portanto, não há instrutores táticos nos Estados Unidos acessíveis ao pessoal da NASA que são tão qualificado e internacionalmente condecorado em ensinar tais técnicas como o Sr. do Val.

Enquanto receberam instrução do Sr. do Val, meus oficiais comentaram que ele demonstrava um profundo conhecimento do assunto, era extremamente profissional a todo o tempo, e disposto a compartilhar os seus conhecimentos. Em minha opinião profissional, o Sr. Do Val atualmente atua no mais alto nível de policiamento e táticas policiais e o Departamento de Proteção da NASA foi muito afortunado em disponibilizar as suas técnicas, inovadoras, modernas e que salvarão vidas, ao nosso pessoal.

Encerrando, a NASA está muito agradecida pela oportunidade que tivemos de trabalhar com o Sr. Do Val e desejamos muito trabalhar com ele novamente no futuro breve. Se tiver perguntas ou pensamentos adicionais com respeito a essa carta, não hesite em me contatar pelo endereço acima ou pelo número de telefone abaixo.

Com este documento eu lhe entrego as minhas mais altas recomendações da parte do Sr. Marcos Do Val.

Respeitosamente,
Michael Wilson
Chefe do Departamento do Serviço de Proteção da NASA.”



 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger