Feira Internacional de Defesa e de Segurança gera R$ 20 milhões em expectativas de negócios para empresa do Espírito Santo

As impressões deixadas pela 10ª LAAD Defence & Security (Feira Internacional de Defesa e Segurança), realizada este mês de abril, no Rio de Janeiro, são muito positivas para a indústria de Defesa. Entre as empresas que contabilizaram bons resultados na feira está a capixaba Geocontrol, sediada em Vitória e que fornece soluções para áreas como defesa, segurança pública e mobilidade urbana. Os contatos e reuniões realizadas durante o evento geraram uma expectativa de negócios da ordem de R$ 20 milhões para a Geocontrol para o decorrer de 2015.

As soluções da empresa foram apresentadas a oficiais de Forças Armadas de países como Estados Unidos, Peru, Colômbia e Equador. “A indústria brasileira é bem conceituada mundialmente e tivemos a oportunidade de mostrar nossos produtos para militares de diversos países. Também pudemos entrar em contato com outras empresas para observar tendências, conhecer novidades e viabilizar futuras parcerias”, avalia o consultor de Projetos Militares da Geocontrol, o corone da reserva da Exército Hudson Marques Junior.

A Geocontrol participou junto ao grupo Thales, da Holanda, de quem recebeu a qualificação como Key Industrial Partner (KIP, o que significa Parceiro Industrial Chave, em tradução livre) para nacionalização da plataforma SOTAS. Trata-se de um sistema que atua como intercomunicador e integrador de comunicações de veículos blindados, proporcionando serviços de voz e dados de alta qualidade, já em utilização nos blindados do Exército Brasileiro (EB). Além de apresentar o primeiro SOTAS fabricado pela Geocontrol, a empresa levou para exposição o Computador Portátil Militar (CPM-EB), um notebook militar desenvolvido para o EB.

Entre as autoridades que passaram pelo estande, estavam o comandante-geral do Exército brasileiro, general Villas Bôas, o chefe do Estado-Maior do Exército (EME), general Sérgio Etchegoyen, o comandante do Centro de Comunicações e Guerra Eletrônica (CCOMGEX), general Antonino dos Santos Guerra, o comandante Logístico do Exército, general Marco Antônio de Farias, e o vice-chefe de TIC do Exército, general Santos Guerram, além de outros oficiais e autoridades.

Sobre a 10ª LAAD Defence & Security

A 10 LAAD Defence & Security contou com a participação de cerca de 40 mil pessoas e 158 delegações oficiais, de 71 países, entre os quais Rússia, Israel, Índia, Estados Unidos, África do Sul, Coreia do Sul e China. O evento reuniu fabricantes e fornecedores de tecnologias, equipamentos e serviços para Marinha, Exército, Força Aérea, Forças Policiais, Forças Especiais, Law Enforcement, Homeland Security, gestores de segurança de grandes corporações, concessionárias de serviços e infraestrutura crítica.

Estiveram presentes cerca de 700 expositores que apresentaram novas tecnologias, equipamentos e serviços, além de blindados, embarcações, mostra de armamentos, sistemas eletrônicos, fardamentos e sistemas não tripulados. A feira se destaca por reunir um público altamente qualificado, composto por autoridades de defesa e segurança de diversos países.

Defesa e Segurança são segmentos industriais de alta participação no mercado global, além de serem propulsores intensivos de avanços tecnológicos. Especificamente no Brasil, que representa 41,2% dos investimentos militares na América Latina, esses setores têm registrado crescimento nos últimos anos. Entre 2003 e 2014, os recursos do Ministério da Defesa para custeio e investimento passaram de R$ 3,7 bilhões para R$ 19,6 bilhões ao ano.

(Com informações da Assessoria de Imprensa da Geocontrol)
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger