Sindipol dá curso de tiros para policiais civis aposentados do Espírito Santo

O Sindicato dos Servidores Policiais Civis do Estado do Espírito Santo (Sindipol/ES) abriu na quinta-feira (16/04) o primeiro Curso de Revólver Calibre 38 para os policiais civis aposentados. Trata-se de um esforço e dedicação de um dos profissionais mais competentes da instituição capixaba, que é o diretor e Instrutor de Tiros do Sindipol, Júlio César Fanzeres, que, ao longo  dos últimos anos, conquistou a tão esperada Certidão de Registro (CR) junto ao Exército.

O curso foi realizado no Clube de Tiro Sindipol, localizado dentro da sede campestre da Sindicato, à margem da Rodovia Governador Mário Covas (Rodovia do Contorno), km 262, bairro Rosário de Fátima, na Serra, logo após André Carloni.

O evento teve início com um café da manhã. Foi um momento de confraternização, com muita descontração, relembrando os fatos marcantes das carreiras desses policiais civis que são a história viva da Polícia Civil do Estado do Espírito Santo.

A apresentação inicial contou com a fala do diretor Administrativo-Financeiro do Sindipol, Aloísio Ernesto Duboc Fajardo, reafirmando todo o trabalho de valorização e reconhecimento em prol do policial civil aposentando pela atual Diretoria da entidade.

Instrutores do Curso 

O Curso de Revólver Calibre 38 foi dividido em três partes: aula teórica, instrução e prática de tiro. Os materiais didáticos composto por apostila completa,  kit de limpeza de armas, bloco, caneta e pasta, utilizados para a instrução, foram produzidos e disponibilizados pelo Sindipol/ES. Além da produção de todo material, o diretor Júlio Fanzeres foi responsável pela instrução de todo o curso, junto com o PCIP Sindicalizado e Instrutor com vasta experiência em cursos realizados em âmbito nacional e internacional, Ricardo França.

Durante a aula teórica, o policial civil aposentado e advogado responsável pelo atendimento aos aposentados no Sindipol/ES, Jânio Jacinto Araújo, prestou maiores informações sobre o porte de arma para os aposentados da Polícia Civil. Ele citou o Estatuto do Desarmamento que prevê que o policial aposentado tem, sim, o direito a ter o porte de arma desde que sejam preenchidos todos os requisitos legais necessários para tanto.

Só com a Regularização do CR junto ao Exército Brasileiro conquistada recentemente que o Sindipol teve como ministrar cursos para os seus sindicalizados. Para a realização do curso, o Sindicato, em primeiro momento, entrou em contato com cada policial civil aposentado, informando sobre a realização das aulas de tiro e prontamente solicitando informações a respeito sobre qual o calibre da arma que este possuía.

O primeiro curso foi realizado por um grupo de aposentados que possuem revólver calibre 38 38. “Todas as conquistas na Polícia Civil do Estado do Espírito Santo partiram dos policiais civis aposentados. Nada mais justo que desenvolvermos projetos que contemplem a classe”, afirmou o diretor Júlio César Fanzeres.

Considerado, hoje, por praticantes como um dos melhores estandes de tiro do Estado e destacando-se entre os melhores do Brasil, o Clube de Tiro Sindipol foi palco do curso, que é um ponto de partida para uma série de ações em benefício de todos os policiais civis sindicalizados. “Com a construção da pista de 100 metros para armas longas, o estande de tiros vai dar curso de todos os calibres para o policial civil aposentado e para todos os demais sindicalizados”, concluiu Fanzeres.

O maior patrimônio de qualquer sindicato são seus  sindicalizados. De acordo com o investigador de Polícia Civil aposentado Onias Francisco de Paula, “há 37 anos sou sindicalizado e nunca tive o reconhecimento que tenho hoje com esta Diretoria. Espetacular! Os instrutores são muito bons e puderam ensinar para todos, coisas que nós não sabíamos. Muito boa esta iniciativa da Diretoria que cria um incentivo a mais para os aposentados. Só o Sindipol lembra da gente”, disse Onias.

“A Diretoria se sente honrada pela participação e formação da primeira turma no Curso do Estande de Tiro. Cada policial civil sindicalizado aposentado que participou recebeu um certificado ao final do curso. Esta foi a primeira de muitas turmas que ainda estão por vir. Temos muito trabalho pela frente e o nosso maior compromisso é com os sindicalizados que contribuem para termos um Sindipol mais forte e mais unido”, disse o presidente da entidade, Jorge Emílio Leal.


Festa dos Policiais Civis Aposentados

Na próxima sexta-feira (24/04), será realizada a festa dos aposentados e pensionistas do Sindicato dos Servidores Policiais Civis do Espirito Santo (Sindipol/ES). O evento, que já está em sua quarta edição, começou a ser realizado no ano de 2013, por iniciativa da atual gestão.

“Para a Diretoria do Sindipol/ES, a constante valorização do policial civil aposentado é de suma importância, visto que, durante anos representaram com toda bravura e coragem todo Estado do Espírito Santo”, diz o presidente do Sindicato, Jorge Emílio Leal.

A confraternização será realizada na sede recreativa, na Serra, das 11 horas às 16 horas. Um churrasco será servido aos presentes. Já a atração musical fica por conta da animada banda “Som Amigos”, do policial civil aposentado Jurandir Ribeiro, o Guitarra.

Um ônibus disponibilizado pelo Sindipol estará estacionado em frente ao DML de Vitória, para levar os filiados, aposentados e pensionistas, para o evento com saída marcada para as 10h30 da manhã. Para mais informações entre em contato com o Sindipol/ES: (27) 3223-1844 (Falar com Jane).


 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger