Magistrados capixabas conquistam seis medalhas de ouro nos VII Jogos Nacionais da Magistratura

Magistrados do Espírito Santo fizeram bonito nos VII Jogos Nacionais da Magistratura, realizados no último final de semana na sede da Associação dos Magistrados da Paraíba (AMPB), em João Pessoa. Os capixabas conquistaram seis medalhas de ouro. Um dos destaques foi o desembargador Namyr Carlos de Souza Filho, que trouxe o ouro no xadrez. A entrega das medalhas aconteceu no sábado (02/05).

O juiz Marcos Aurélio Soares Pereira conseguiu duas medalhas de ouro na prova de tiros. Já o desembargador substituto Getúlio Marcos Pereira Neve obteve ouro nos 50 metros nado de peito categoria sênior. O juiz  Moacir Caldonazi conseguiu duas medalhas: ouro e prata no tiro.

Ainda no tiro, o juiz Luiz Fachetti obteve quatro medalhas: uma prata e três de bronze. Uma das provas mais aguardadas, a corrida rústica, teve o juiz capixaba Jeferson Antônio Rodrigues Bernard em terceiro lugar. Ele conquistou a medalha de bronze depois de percorrer 10 quilômetros.

O presidente da Associação dos Magistrados do Estado do Espírito Santo (Amages), Ezequiel Turíbio, elogiou a participação dos juízes capixabas nos VII Jogos de João Pessoa:

“A realização dos Jogos é importante porque permite a integração dos magistrados de todo o Brasil. Foram mais de 500 participantes. É um momento que serve também para tirar o estresse, porque nossa atividade, sem dúvida, é extremamente  estressante. Gostei das medalhas conquistadas por nossa equipe. Nossos magistrados-atletas puderam exercer aquilo que, geralmente, eles exercem nos finais de semana, como hobby”, disse Ezequiel Turíbio.

Ele ressaltou ainda que a Amages possui um Departamento de Esportes, que busca incentivar os juízes, juízas, desembargadores e desembargadoras a participarem de alguma atividade esportiva. “Nossa sede, na Serra, tem espaço para a prática de diversas modalidades esportivas, como futebol, natação, esportes de quadra e outros”, frisou o presidente da Amages.

O diretor de Esportes da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), José Flores, agradeceu o empenho dos envolvidos na organização dos jogos. “É importante destacar o trabalho desenvolvido pelo presidente da AMPB, Horácio Melo, bem como da doutora Maria Aparecida Gadelha e do doutor Sandro Espíndola”, disse. Os três magistrados receberam homenagens pelo trabalho na organização dos jogos.

Para o presidente da AMB, João Ricardo Costa, o evento, que reuniu mais de 500 competidores, “é um momento de muita celebração para toda a magistratura e promove a amizade e solidariedade entre os colegas e seus familiares”.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger