Presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo empossa administrativamente novo desembargador, Fernando Zardini

O presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES), desembargador Sérgio Bizzotto Pessoa de Mendonça, empossou administrativamente, na tarde desta segunda-feira (18/05), o novo integrante da magistratura no Espírito Santo, desembargador Fernando Zardini Antônio.  A sessão solene de posse ainda será realizada no Tribunal Pleno, em data a ser definida.

Fernando Zardini fará parte da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça. Ele ocupa a vaga destinada ao Ministério Público Estadual e deixada pelo desembargador José Luiz Barreto Vivas, que se aposentou em fevereiro deste ano. O novo magistrado assumiu seu lugar na Corte durante sessão do Conselho da Magistratura, na presença de vários desembargadores e juízes.   Após ler o Termo de Compromisso do Judiciário, o ex-procurador de Justiça foi saudado pelos novos colegas.

O presidente do TJES, desembargador Sérgio Bizzotto, disse estar feliz com o novo colega e destacou que Fernando Zardini foi aguardado na composição do Judiciário. Já o desembargador José Paulo Calmon Nogueira da Gama, também oriundo dos quadros do Ministério Público do Espírito Santo (MPES), lembrou que Zardini lutou e venceu e que com uma carreira ornada de êxito, tem ampla capacidade para ocupar o novo cargo.

Representando o MPES na posse, o Subprocurador-Geral de Justiça Judicial do Estado, Josemar Moreira, destacou os conhecimentos jurídicos de Zardini e citou um poema de Fernando Teixeira de Andrade, “É o Tempo da Travessia”, para ilustrar a passagem do colega para o novo poder.

O presidente da Associação dos Magistrados do Espírito Santo (Amages), o juiz Ezequiel Turíbio, disse receber de braços abertos o novo integrante da associação e afirmou ter certeza de que Zardini vai substituir o desembargador aposentado José Luiz Barreto Vivas de forma satisfatória.

Emocionado, novo desembargador não escondeu a satisfação de assumir suas funções no Tribunal de Justiça. “Chego com humildade para aprender muito. Espero alcançar um novo olhar sob eficácia e celeridade e atender, de forma satisfatória, ao povo, que é o nosso patrão. Estou satisfeito de começar agora uma nova etapa em minha vida”, afirmou Fernando Zardini.

Saiba Mais

Antes de ser nomeado para o Tribunal de Justiça, Fernando Zardini Antônio esteve no Ministério Público por 24 anos. O novo desembargador é bacharel em Direito pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e pós-graduado em Direito Penal e Processual Penal pela Associação Espírito-Santense do Ministério Público. Foi servidor do Poder Judiciário e promotor de justiça em diversas Comarcas do Estado.

Atuou na Procuradoria de Justiça de Contas entre 1994 e 1997. Foi secretário de Estado da Justiça por dois anos e procurador-geral de Justiça por quatro anos.

O ato de nomeação de Zardini para o cargo de desembargador do TJES foi assinado na última sexta-feira (15/05) pelo governador Paulo Hartung. Hartung escolheu entre os três nomes da lista encaminhada pelo TJES ao Governo do Estado. Além de Zardini, disputavam a vaga de desembargador os promotores Gustavo Modenesi Martins da Cunha e Vera Lúcia Murta Miranda. A lista tríplice foi formada pelo Tribunal Pleno no último dia 7 de maio a partir de lista sêxtupla encaminhada pelo MPES. Cada um dos desembargadores titulares presentes pôde votar em até três nomes, tendo Zardini alcançado 25 votos na Corte.

Mais vagas

O Tribunal de Justiça possui ainda uma vaga aberta na sua composição. Com a aposentadoria da desembargadora Catharina Maria Novaes Barcellos no último dia 17 de abril, o juiz Luiz Guilherme Risso foi convocado pelo Tribunal Pleno para ocupar a vaga até a eleição e posse do novo desembargador. O presidente do TJES, desembargador Sérgio Bizzotto, pretende realizar a escolha do ocupante definitivo da vaga ainda este mês, em sessão do Pleno.

Como o critério observado será o de antiguidade, será eleito o juiz mais antigo que se inscreveu e tiver o nome aprovado pelo Tribunal Pleno à unanimidade ou por maioria de votos. Dez juízes concorrem à vaga. São eles: Arthur José Neiva de Almeida, Rachel Durão Correia Lima, Raimundo Siqueira Ribeiro, Getúlio Marcos Pereira Neves, Cristóvão de Souza Pimenta, Elizabeth Lordes, Débora Maria Ambos Corrêa da Silva, Rozenéa Martins de Oliveira, Jorge Henrique Valle dos Santos e Ilaceia Novaes.

(Texto e fotos: Portal do TJES)

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger