ACS/ES realiza reuniões para apresentar novo projeto de cargos e salários para policiais militares

A Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Estado do Espírito Santo (ACS/ES) dá início a uma série de audiências para apresentar ao público militar projeto de criação de uma nova política de cargos e salários para beneficiar mais de 1.500 policiais em todo o Estado. É o Quadro de Praças Especial (QPE), que tem a objetivo de corrigir distorções dentro da PM, conforme garante o vice-presidente da ACS, Júlio Maria Ferreira de Araújo:

“Temos, hoje na corporação, mais de 1.500 militares que aguardam por uma promoção há mais de 20 anos. Há colegas de farda que, ao longo de 25 anos de carreira, obtiveram apenas uma promoção, que foi de soldado para cabo. O projeto que estaremos apresentando visa, sobretudo, beneficiar esses militares que não tiveram oportunidade de serem promovidos. Por isso, o Quadro de Praças Especial é, na verdade, um novo projeto de cargos e salários que está sendo elaborado pela Diretoria da ACS”, disse Júlio Maria.

O QPE será apresentado em um café da manhã, no cerimonial Elegance, no bairro Chácara Parreiral, na Serra, na terça-feira (23/06), a partir das 8 horas, com a presença do deputado estadual Josias Da Vitória (PDT). Depois de pronto e aprovado pela categoria, o QPE será transformado em Indicação Parlamentar, que Da Vitória pretende apresentar ao governo do Estado. Caso o governo concorde em atender o pleito de cabos e soldados, a Indicação se tornará Projeto de Lei Complementar, a ser votado pela Assembleia Legislativa.

Na quinta-feira (25/06), a proposta da ACS/ES será apresentada a policiais militares, a partir das 18 horas, no auditório da Escola Legislativa, no nono andar da Assembleia Legislativa, na Enseada do Suá:

“Militares de todo o Estado são convidados para o evento do dia 25 deste mês. É importante os policiais que se encaixam no perfil daqueles que estão entre 17 e 25 anos sem promoção participarem da reunião na Assembleia  Legislativa”, pediu Júlio Maria, que é lotado no 1º Batalhão da Polícia Militar (Vitória), onde integra o grupo Patrulha da Alegria, que realiza trabalhos sociais e recreativos com crianças, jovens, adultos e idosos da capital capixaba.

A ACS/ES, ao longo dos últimos 11 anos, foi responsável, junto com outras entidades de classe e com o apoio do deputado Da Vitória, pela elaboração de projetos que promoveram mais de 5 mil policiais militares. Somente em 2012, no governo de Renato Casagrande, foram mais de 3 mil militares promovidos em apenas uma tacada.


 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger