Lideranças de classe da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros lançam o nome de Capitão Assumção para prefeito de Vitória

Lideranças de classe da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros se reuniram na tarde desta quarta-feira (12/08) em busca de uma união em torno de um nome para disputar o cargo de prefeito de Vitória nas eleições municiais de 2016. Chegaram a um consenso: vão apoiar o nome do Capitão Assumção, que está no Partido Solidariedade.

A reunião aconteceu na sede da Associação Nacional de Apoio aos Servidores Públicos Aposentados e Pensionistas (Anasp), na Enseada do Suá. “Foi um encontro em busca  da unidade, por uma polícia unida em torno da melhor política para o Espírito Santo e para a corporação. Foi uma reunião em busca de um nome para disputar o cargo de prefeito de Vitória e hoje o melhor nome é o do Capitão Assumção”, disse o advogado Jodemir José Silva, que falou em nome do grupo.

Participaram da reunião o presidente da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar do Estado do Espírito Santo (ACS/ES), cabo PM Flávio Gava; o vice-presidente da entidade, cabo PM Júlio Maria; o presidente da Associação Geral dos Militares do Estado do Espírito Santo (Agem/PMBM), Maxson Luiz da Conceição; o presidente da Anasp Brasil, Walter M. Júnior; o presidente da Aspra, cabo Eugênio; além do próprio Capitão Assumção e o advogado Jodemir Silva.

Esta mesma iniciativa será estudada para viabilizar o nome do sargento BM Sérgio de Assis Lopes, o Sargento Assis, para concorrer a Prefeitura de Cariacica. Sargento Assis foi candidato a deputado estadual ano passado e obteve 4.929 votos. Ele é lotado na 1ª Companhia do Corpo de Bombeiros, em Cariacica.


Lucínio Castelo de Assumcão, o Capitão Assumcão, sempre foi uma das maiores lideranças dentro da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, desde a morte do Cabo Camata. Foi deputado federal entre 209 e 2010, depois de assumir a vaga, como suplente, de Neucimar Fraga, que ganhou, em 2009, a disputa pela Prefeitura de Vila Velha.

Diferente de outros aventureiros, que aproveitam a fragilidade da atual administração de Vitória para começar a aparecer no cenário político, Capitão Assumção conhece os problemas de Vitória. Anda em  ônibus lotados como a maioria dos cidadãos; vive a angústia de qualquer outra pessoa quando vai a um posto médico; sofre com a    inexistência de mobilidade urbana na capital; sente a piora da educação pública municipal por falta de valorização dos educadores; tropeça como qualquer outro cidadão nas calçadas e ruas esburacadas por falta de cuidado da administração de Luciano Rezende (que não vai se reeleger porque é muito incompetente); e, como profundo conhecedor da segurança pública, sabe que a Guarda Civil Municipal precisa melhorar (e muito) para prestar um serviço de qualidade à população, sobretudo, às camadas mais carentes.

Enfim, Vitória precisa de um xerife; de um xerife em todos os setores da Administração Pública, não só na segurança. Quem sabe um oficial da reserva remunerada da Polícia Militar não pode ser este xerife? E este oficial tem nome: Capitão Assumção.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger