Emoção marca 29º aniversário do Batalhão de Missões Especiais

Combater o tráfico de entorpecentes, atuar em operações de resgate e negociação envolvendo reféns localizados, patrulhar locais de alto risco, capturar criminosos em áreas de difícil acesso, atender ocorrências envolvendo artefatos explosivos, atuar em ocorrências de distúrbios civis e faro de entorpecentes, essas são algumas das muitas missões do Batalhão de Missões Especiais, o BME, que completa 29 anos de criação na Polícia Militar do Estado Espirito Santo.

A rica história do BME teve início no dia 3 de setembro de 1986 com a criação da pioneira Companhia de Polícia de Choque vinculada ao 1º Batalhão da PM (Vitória), passando pelo ano de 1988, data de sua independência, e, finalmente, o ano de 1998, data da criação do Batalhão de Missões Especiais composto pelas Companhias de Polícia de Choque, de Operações com Cães e de Operações Especiais.

Para comemorar a importante data, uma solenidade militar foi realizada no pátio do Quartel do Comando Geral da PMES, em Maruípe. Na oportunidade foram homenageados com a inédita Medalha Mérito Combatentes de Missões Especiais e o Título de “Eternos Combatentes” diversos policiais que fizeram e que ainda fazem parte da história da Unidade.

Foram homenageadas também com o Título “Amigos do BME” diversas pessoas da sociedade que contribuíram direta ou indiretamente para o engrandecimento do Batalhão de Missões Especiais. Um dos momentos de grande emoção foi a entrega da placa em homenagem ao Cap Henrique, que por 27 anos, serviu incansavelmente na Unidade participando de momentos memoráveis e inesquecíveis. Em seguida, em outro momento emocionante, foi prestado o devido reconhecimento ao Sd Dayclon Nascimento Feu (in memoriam), representado pela sua família.

A formatura militar se encerrou com uma grande queima de fogos de artificio e com o desfile da tropa e de viaturas da Unidade, entre elas, a lendária TE 78 que recentemente foi reformada e se encontra a disposição do Batalhão para exposição e desfiles em datas comemorativas.

O Comandante do BME, Ten Cel Aguiar, ressaltou a importância dos policiais que atuam e que atuaram no BME e o quanto estes contribuíram para a história da Unidade: “Destes curtos, mas intensos 29 anos de uma história rica, os padrões de referência atingidos, são frutos da vontade, iniciativa, abnegação e desempenho dos homens e mulheres que aqui servem e serviram.”, disse o oficial.

O Ten Cel Aguiar também destacou a credibilidade da Unidade e o senso de fidelidade e obediência que segue o homem de missões especiais: “É, sobretudo, nas situações mais complexas e difíceis, como as que nos deparamos, no dia a dia, que se torna imperioso “cuidar das pessoas”, fazendo eco das suas justas necessidades, anseios e expectativas, pois dessa forma estaremos, cada vez mais, elevando a credibilidade e o respeito de nosso Batalhão junto à Sociedade Capixaba. Os nossos antecedentes históricos, as ações desenvolvidas e os serviços prestados nesses 29 anos, sublimam e creditam o BME e dignificam todos os que nele serviram e servem. A nossa conduta é, como sempre foi, a de servir com honra e total dedicação quando e onde o Comando Geral determinar.”.

O Comandante falou das ações que visam o cuidado com os recursos humanos da Unidade e agradeceu aos parceiros pelo apoio no desenvolvimento de projetos que irão trazer resultados positivos tanto para a sociedade quanto para o Batalhão: “A terceira ação diz respeito ao nosso recurso verdadeiramente mais importante: as pessoas. Exatamente essas que se encontram perfiladas a nossa frente nesta solenidade. Em parceria com a Arcelor Mittal e com o professor, Doutor Hebert Cabral, o BME implantará um novo sistema digital para avaliar a prontidão de nossos policiais, por meio do teste de atenção, quando da assunção de serviço. O objetivo é melhorar a prestação do serviço à Sociedade Capixaba, evitando que policiais, sem condições de atuar naquele momento, estejam nas ruas.”.

O evento contou com a participação do Subcomandante Geral da PMES, Cel Ruy Guedes Barbosa Junior, do Ex-comandante do BME e fundador da Unidade, Cel Juarez Monteiro da Silva, do Comandante do 38º Batalhão de Infantaria do Exército, Cel Edson Massayuki Hiroshi, do Secretário Chefe da Casa Militar, CelJosé Nivaldo Campos Vieira, do CPOE, Cel Laercio Oliveira, da Assistência do Comando Geral, Cel Edmilson dos Santos, do Cel Carlos Eduardo Marques Magnago, do Prefeito de Cariacica, Geraldo Luzia de Oliveira Júnior de diversos militares e familiares, além de outras autoridades civis e militares.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger