Comandante do Comando de Policiamento Ostensivo Especializado da PMES diz em cerimônia dos ‘Destaques Operacionais’ que ROTAM precisa de uma sede própria para “peidar e cagar”

O comandante do Comando de Policiamento Ostensivo Especializado (CPOE) da Polícia Militar, coronel Laércio Oliveira, disse para uma plateia formada por autoridades militares e civis e por representante da sociedade em geral que a Ronda Ostensiva Tática Motorizada (ROTAM), uma das unidades de elite da PMES, precisa de uma sede própria para, “pelo menos, peidar e cagar”.

A fala do coronel foi durante cerimônia de entrega de premiação dos Destaques Operacionais da ROTAM, realizada na sexta-feira passada (15/01), no Ginásio de Esportes do Quartel do Comando Geral da PM, em Maruípe. Foi uma solenidade de Destaque Operacional do terceiro e quarto trimestre de 2015 e entrega de ‘braçal’ para 38 novos Rotanzeiros – como são chamados policiais militares que atuam na unidade.

A solenidade foi presidida pelo coronel Laércio e pelo subcomandante da ROTAM, major Cristelo, já que o comandante da unidade, tenente-coronel Eduardo Nunes, encontra-se de férias. O evento foi prestigiado por comandantes de unidades, além do público civil e familiares dos ‘Destaques Operacionais’ e dos novos ‘Rotanzeiros’. O coronel Laércio já foi também comandante da ROTAM.

Primeiro a discursar foi o major Cristelo, que  parabenizou os ‘Destaques Operacionais’ pela excelente performance, “visto que a nossa Unidade é composta por profissionais de alto nível,  dedicados,  comprometidos com a segurança pública capixaba.” O major Cristelo também parabenizou os “novos Rotanzeiros pela dedicação durante o estágio e que os senhores e senhoras sejam bem vindos à ROTAM.”

A ROTAM é uma unidade especializada da Polícia Militar, com atuação em todo o Estado, criada em 14 de maio de 2009. Sua sede, desde a criação, se localiza nas dependências do QCG. No entanto, já existem projetos que visam a construção de uma quartel somente para a ROTAM, que deverá ser em Vila Velha.

A busca por uma sede, no entanto, não é e nunca foi bicho de sete cabeças para os oficiais que comandam a PM. Tudo tem seu tempo e a corporação e o governo do Estado têm outras prioridades, sobretudo neste momento de crise econômica.

Por isso, chega a ser estranha a maneira como um coronel do Alto Comando vem cobrando a construção de uma sede para a ROTAM, como fez o comandante do CPOE, coronel Laércio, oficial que conta com grande prestígio na cúpula da Segurança Pública do Estado.

O coronel Laércio iniciou seu discurso cumprimentando todos os presentes, falou dos ‘Destaques Operacionais’,  dos novos Rotanzeiros e enalteceu, sobretudo, a importância da ROTAM para a segurança pública do Espírito Santo:

“Mas a ROTAM precisa de uma sede própria; precisa de um espaço para seus integrantes. A ROTAM precisa de uma sede própria para, pelo menos, peidar e cagar.”

As pessoas que estavam presentes na cerimônia ficaram surpresas com o linguajar utilizado pelo comandante do CPOE, principalmente partindo de um coronel do Alto Comando da Polícia Militar do Estado do Espírito Santo.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger