É A QUARTA MUDANÇA NO ÓRGÃO EM UM ANO: Engenheiro gaúcho é o novo diretor-geral do Detran/ES

Algo de estranho está acontecendo no Departamento estadual de trânsito do Espírito Santo (Detran/ES) neste primeiro ano do terceiro mandato do governador Paulo Hartung. Primeiro a assumir o cargo de diretor-geral do órgão foi o inseguro e instável Fabiano Contarato, que é delegado de Polícia Civil. Ficou de janeiro de 2015 a 21 de agosto. Alegou motivos de saúde para deixar o cargo.

Contarato, que abandonou Renato Casagrande em plena campanha eleitoral de 2014 – ele era candidato ao Senado na chapa liderada pelo então governador, abdicou da disputa e pulou para o barco de Paulo Hartung –, foi substituído pelo engenheiro Roger Tristão, que ficou menos de três meses na função.

Em novembro ainda de 2015, Roger Tristão pediu o boné e, no dia 11 do mesmo mês, foi substituído por José Eduardo de Souza Oliveira, que era o diretor de Habilitação e Veículos do Detran. Roger pediu para deixar o cargo para voltar para o DNIT, onde é servidor de carreira. José Eduardo vinha assinando como diretor em exercício do Detran.

O Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (04/01), o primeiro do ano, traz mais uma mudança no Detran: assume o cargo de diretor-geral do órgão o engenheiro civil gaúcho Romeu Scheibe Neto. Este, pelo menos, tem um vasto currículo voltado para o setor de transporte rodoviário. Romeu Scheibe é formado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUC/RS. Atua no setor público há 20 anos.

Segundo o Portal do Sindicato Nacional das Empresas de Transporte e Movimentação de Cargas Pesadas e Excepcionais (Sindipesa), Romeu Scheibe iniciou sua vida profissional na área de pavimentação urbana na Prefeitura Municipal de Porto Alegre. Em 2009 ingressou por concurso público no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Após desempenhar atividades na assessoria técnica da Diretoria de Infraestrutura Rodoviária do DNIT, em 2011, assumiu o cargo de Coordenador-Geral de Operações Rodoviárias do órgão.

O Sindipesa informa ainda que o novo diretor-geral do Detran/ES “idealizou e implementou o maior programa de segurança e sinalização rodoviária desenvolvido até então no Brasil, chamado de BR-LEGAL, com investimentos planejados de mais de R$ 4 bilhões”. E mais: “no segmento de transporte de cargas, ele coordenou e participou do desenvolvimento de um novo modelo para a fiscalização do excesso de peso, através da utilização de equipamentos de pesagem dinâmica.”

O Portal do Sindepesa acrescenta ainda que, sob a coordenação de Romeu Scheibe Neto, “o DNIT desenvolveu e implantou o processo mais moderno e eficiente para concessão de Autorizações Especiais de Trânsito – AET no País, através da implantação de uma central nacional de processamento, na sede do órgão em Brasília.”

Na área de trânsito, o gaúcho foi responsável pala implantação do Programa Nacional de Controle Eletrônico de Velocidade (PNCV), “onde foram instalados mais de 3 mil equipamentos na malha rodoviária federal brasileira, contribuindo sobremaneira com a redução do número e da gravidade dos acidentes de trânsito. Desenvolveu modelo eficiente e moderno de processamento eletrônico do ciclo de vida das infrações de trânsito em âmbito nacional, tornando o processo mais dinâmico, transparente e menos dispendioso.”

No dia 18 de dezembro último, foi publicada no Diário Oficial da União a Portaria nº 595/2015, em que o Ministério dos Transportes cedeu ao governo do Estado do Espírito Santo o servidor Romeu Scheibe Neto para ocupar o cargo de diretor-geral do Detran.

Bem, experiência maior do que seus antecessores, o gaúcho Romeu Scheibe Neto tem de sobra. Mãos à obra!

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger