Sindepes pede ao governo a imediata nomeação de novos escrivães e delegados de Polícia no Espírito Santo

O presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado do Espírito Santo (Sindepes), Rodolfo Queiroz Laterza, encaminhou ofício ao governo do Estado solicitando a imediata  nomeação de escrivães e delegados. No ofício, entregue ao chefe de Gabinete da Secretaria de Estado de Governo, Robson Leite, o Sindepes aponta que a situação atual da Polícia Civil “emerge uma crise de proporções inestimáveis na operacionalidade e funcionalidade”.

Ainda no ofício, o Sindepes pugna pela nomeação urgente de escrivães e delegados de Polícia, ainda que em ritmo gradual, face à carência de efetivo e crise operacional que se afigura na Polícia Civil do Espírito Santo, “sendo advertido sobre a ilegalidade de acúmulo de delegacias por delegados de Polícia sem qualquer contraprestação, algo persistente há décadas” e agora objeto de ação judicial coletiva ajuizada pela Associação dos Delegados de Polícia (Adepol), presidida também por Rodolfo Laterza.

O dirigente disse ao Blog do Elimar Côrtes que, em
conversa com o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, André Albuquerque Garcia, “este garantiu estar empenhado em novas nomeações, ainda que para repor aposentadorias e exonerações a pedido.”

“Estaremos firmes no propósito de continuar a lutar pela manutenção de um efetivo que garanta funcionalidade minimamente razoável em nossa instituição”, disse Rodolfo Laterza.

Leia aqui o ofício encaminhado ao governo file:///C:/Users/ecortes/Downloads/OFICIO.pdf
 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger