Mulher vai comandar a Corregedoria Geral da Polícia Militar pela primeira vez no Espírito Santo

Pela primeira vez em sua história, a Corregedoria Geral da Polícia Militar vai ser comandada por uma mulher. Trata-se da tenente-coronel Aldalea Antunes Beltrame, nomeada na última sexta-feira (19/02) para ocupar a vaga que era do coronel Ilton Borges Correia. A oficial aguarda agora a promoção para coronel PM, o que vai ocorrer a qualquer momento. Ela foi nomeada pelo comandante-geral da PM, coronel Marcos Antônio Souza do Nascimento.

A tenente-coronel Aldalea é uma oficial bastante respeitada na corporação, não  só por sua postura firme e responsável por onde passou, bem como por sua sabedoria e vasto conhecimento intelectual. Ela já atuou na Corregedoria, onde foi adjunta de seu antecessor, Ilton Borges, em 2012.

O antecessor da tenente-coronel Aldalea, o coronel Ilton Borges, assumiu o cargo de subcomandante-geral da PM há uma semana. Um dos nomes cotados para a vaga de Ilton Borges era o seu adjunto na Corregedoria, o tenente-coronel Cristian Tatagiba Franco, que acabou assumindo a Diretoria de Direitos Humanos e Policiamento Comunitário.

A tenente-coronel Aldalea Antunes Beltrame, que respondia pela Diretoria de Comunicação da PM, é da primeira turma do Curso de Formação de Oficiais (CFOP) da Polícia Militar capixaba já com a participação das mulheres, em1987. Turma que formo também oficiais femininas  como Josette Baptista e Sônia do Carmo Grobério – ambas, já na reserva remunerada – e Fabrízia Morais Gomes.

A Corregedoria Geral da PM foi criada por meio do Decreto-Lei Estadual-ES Nº 4.328-N, de 28 de agosto de 1998. No entanto, devido a dificuldades financeiras que o Estado atravessava naquele período – últimos meses de governo Vitor Buaiz –,a instalação inicial da Corregedoria ocorreu em 5 de  fevereiro de 1999, com a nomeação do seu primeiro corregedor efetivo, coronel Josias Schwartz, e dos primeiros oficiais e praças.

O início efetivo da execução dos trabalhos na Corregedoria se deu apenas a partir do dia 12 de abril de 1999, quando os processos administrativos, disciplinares e penais da PM passaram a ser desenvolvidos no novo órgão.

Hoje, a Corregedoria Geral da PM é dividida em Operações e Controle (Administração, Investigação, Fiscalização Ostensiva e Permanente Atendimento ao Público, Processos Administrativos e Disciplinares, Polícia Judiciária e Presídio).

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger