Sexo no meio da rua, venda e uso de drogas ao ar livre e três jovens baleados durante Carnaval clandestino promovido com apoio do vereador Fábio Lube em Vitória

O empresário do ramo de sonorização e vereador Fábio Lube (PDT/Vitória) desafiou o prefeito Luciano Rezende e promoveu, no sábado (13/02), o chamado Carnaval Fora de Hora de Santo Antônio, um dos mais tradicionais bairros da capital capixaba. O Carnaval clandestino ternou com três pessoas baleadas na guerra dentre traficantes da região.

A Prefeitura Vitória acolheu pedido dos mais de 40 mil moradores de Santo Antônio e havia vetado o Carnaval Fora de Hora no bairro, por conta das cenas de violência, vandalismo, sexo ao livre e em plena luz do dia, registrados em 2015.

Até meados do ano 2003, o ‘Fora de Hora’ era feito somente por moradores de Santo Antônio. Famílias iam às ruas para comemorar o fim do Carnaval oficial. A partir da gestão do petista João Carlos Coser – em 2004 –, a Prefeitura passou a organizar e a patrocinar o ‘Fora de Hora’, atendendo pedido de Fábio Lube, que foi eleito vereador pela primeira vez em 2004. Pronto: acabou o sossego dos moradores e foi decretado, assim, o fim da presença das famílias no ‘Fora de Hora’.

Comerciantes e lideranças comunitárias da Grande Santo Antônio fizeram um abaixo-assinado tão logo se encerrou o ‘Fora de Hora’ em 2015 – mais precisamente no dia 21 de fevereiro. No ano passado, o evento foi realizado na rodovia Serafim Derenzi, entre a Escola Alberto de Almeida e o Contorno, passando pelo Santuário Basílica de Santo Antônio.

Assim que ouviu relato dos moradores, Luciano Rezende decidiu não mais permitir a realização do Carnaval – uma medida acertada e justa. Porém, tão logo tomou conhecimento da decisão do prefeito, Fábio Lube começou a articular a realização do ‘Fora de Época’ na Prainha de Santo Antônio, o que se concretizou no sábado, entre 12 horas e meia noite.

De novo, moradores fizeram outro abaixo assinado, informando ao prefeito que Fábio Lube iria bancar o Carnaval na Prainha. Novamente, Luciano Rezende falou para as lideranças comunitárias do bairro que impediria a realização do evento.

De fato, ele tentou impedir. Tanto que não instalou no local banheiros químicos, como ocorria em anos anteriores; e nem mandou para a região a Guarda Municipal – agentes comunitários e agentes de trânsito. Somente a Polícia Militar – que por meio de seu Serviço de Inteligência soube que o vereador Fábio Lube iria realizar o ‘Fora de Época’ – ocupou as principais de ruas de Santo Antônio para  impedir a ação de marginais.

Fábio Lube comandou o Carnaval de cima de um de seus caminhões de som. Ele é dono de uma empresa conhecida como Força Jovem e está instalada em Santo Antônio.

O ‘Fora de Hora’ de sábado de novo foi marcado por cenas de violência (brigas e confusão), sexo em plena luz do dia e no meio das ruas e becos, venda e uso de drogas, além da ação dos mijões: homens e mulheres faziam suas necessidades nos portões das residências dos cidadãos de bem. Em uma das confusões, três jovens (duas mulheres e um homem) foram feridas a tiros.

O que revolta os moradores é que Fábio Lube é da região de Santo Antônio. Em 2004, ele foi eleito o quarto vereador mais votado da Capital e o quinto do Estado.  Foi reeleito em 2008.

Em 2012,ele não se reelegeu, ficando apenas na suplência. Voltou a se tornar vereador em 8 de outubro de 2015, quando assumiu a vaga de Luiz Emanuel, que agora é secretário Municipal do Meio Ambiente.

Pode ser que Fábio Lube tenha conquistado alguns votinhos por conta do Carnaval clandestino que promoveu no sábado. Porém, o público presente no evento foi formado por jovens de outros municípios da Grande Vitória, como Serra, Cariacica e Vila Velha. Pessoas mal educadas e nada civilizadas e sem qualquer afinidade com a comunidade de Santo Antônio.

Infiltrados entre as pessoas de bem este ano, estavam presentes também assaltantes, traficantes, homicidas e foragidos da Justiça. Por isso, donos de comércio tiveram que contratar seguranças para vigiar seus estabelecimentos ou fechar as portas mais cedo. No ano passado, bandidos infiltrados no o ‘Fora de Hora’ invadiam bares, padarias e outros estabelecimentos para saquear produtos, como bebidas e alimentos.

Procurado por A Tribuna, Fábio Lube se negou a dar entrevista e proibiu que o jornal relacionasse seu nome ao 'Fora da Hora'. No entanto, o Blog do Elimar Côrtes flagrou o vereador em cima de um caminhão de som, durante boa parte do Carnaval, na noite de sábado, agradecendo ao público presente e falando de sua satisfação em dar apoio a mais um 'Fora de Hora', só que desta vez sem autorização da Prefeitura Municipal de Vitória.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger