OS DADOS AGORA SÃO REAIS E NÃO LEVAM EM CONTA CUMPRIMENTO DE MANDADO DE PRISÃO DE QUASE 6 MIL RÉUS QUE JÁ ESTAVAM PRESOS: Chefe de Polícia elogia policiais da SPP pela prisão de mais de 400 acusados de crimes no ano passado

A chefe de Polícia Civil, delegada Gracimeri Soeiro Gaviorno, publicou no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (18/03) elogio aos policiais civis Calebe Rosa Barcelos, Humberto de Jesus Lucena, Roger José Farina Candeia, Eduardo Nogueira Gomes e Inaldo Moreira de Souza pelos excelentes serviços prestados à sociedade capixaba como integrantes do Grupo de Captura da Superintendência de Polícia Prisional (SPP).

O resultado altamente positivo do trabalho da equipe, comandada pelo delegado Júlio César  Oliveira Silva, está nos números: no ano passado, esses cinco policiais capturaram 435 pessoas acusadas de crimes, que estavam foragidas da Justiça, o que equivale à média de 1.78 preso por dia útil. Desse total, 70  são homicidas.

O pedido de formulação de elogio público foi pedido pelo chefe da SPP, delegado Júlio César Oliveira, que levou em conta a “agilidade, equilíbrio, coragem e observância aos preceitos de ética previstos no Estatuto dos Policiais Civis, os quais demonstraram conduta digna de voto de elogio, nos termos do artigo 142, parágrafo 1º, inciso I, c/c o artigo 143, inciso I, alínea “b”, da Lei nº 3400/81 e suas alterações.”

Ainda em2015, já com o delegado Júlio César Oliveira à frente da SPP, a unidade cumpriu cerca de 5.900 mandados de prisão. Trata-se de cumprimento de mandados de réus que já estão presos. Como no Espírito Santo a reincidência criminal é acima de 70%, muitos dos bandidos respondem por até cinco processos, pela prática de diversos crimes. Neste caso, a Justiça decreta vários mandados de prisão para o mesmo réu. Assim, cabe à SPP ir até o presídio e dar ciência ao criminoso sobre novos mandados de prisão contra ele.

O delegado Júlio César de Oliveira, entretanto, diferente de outros delegados que já passaram pela SPP, não usa esses números como publicidade. Prefere usar os dados reais, que são as prisões de réus que estão soltos.

Para este ano de 2016, a meta do Grupo de Captura da SPP é realizar pelo menos duas prisões por dia útil. A pedido da chefe de Polícia, delegada Gracimeri Gaviorno, a SPP está priorizando a prisão de homicidas.

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger